Negócios

Obras da usina São Manoel estão quase concluídas, diz EDP

A usina hidrelétrica São Manoel pode encerrar o ano com suas obras civis praticamente concluídas e pode entrar em operação comercial antes de seu prazo regulatório, de maio de 2018, indicou o diretor presidente da EDP Energias do Brasil, Miguel Setas. A EDP é acionista do consórcio responsável pela usina, juntamente com Furnas e a chinesa CTG.

“Trabalhamos com perspectiva de antecipação”, disse Setas, sem revelar um prazo estimado para ligar as turbinas, justificando que isso seria um assunto dos três acionistas conjuntamente.

Ele lembrou que a hidrelétrica encerrou setembro com uma realização de 78% das obras e 89% das obras civis. “O projeto, do ponto de vista de complexidade, da fase mais complexa, ultrapassou esse marco e está muito perto da conclusão na parte civil que para nós é bastante crítica”, disse Setas a jornalistas, após participar do Encontro dos Altos Executivos do Setor Elétrico (Enaltesse), que se realiza nesta quinta-feira, 1º de dezembro, em São Paulo.