Negócios

Lucro da Procter & Gamble sobe a US$ 2,75 bilhões no 2º trimestre fiscal

A Procter & Gamble (P&G) anunciou hoje que teve lucro líquido de US$ 2,75 bilhões em seu segundo trimestre fiscal (encerrado em março), maior que o ganho de US$ 2,15 bilhões obtido em igual período de 2015. Na mesma comparação, o lucro por ação subiu a US$ 0,97 de US$ 0,75. Com ajustes, o ganho por ação diminuiu para US$ 0,86, mas veio acima da previsão de analistas consultados pelas Thomson Reuters, de US$ 0,82. A receita caiu 6,9%, a US$ 15,76 bilhões, e ficou aquém da expectativa, de US$ 15,81 bilhões.

As vendas orgânicas, que desconsideram efeitos cambiais, aquisições e vendas de ativos, subiram 1%. Os preços também avançaram 1%, mas o volume recuou 2%.

Às 10h40 (de Brasília), as ações da P&G, que integram o índice Dow Jones, caíam 0,3% em Nova York. Fonte: Dow Jones Newswires.