Negócios

Eneva passa a deter 100% da Parnaíba Gás Natural (PGN)

A Eneva, em recuperação judicial, celebrou acordo de subscrição com o fundo de investimento em participações Cambuhy e com a OGX pela totalidade de participação na Parnaíba Gás Natural (PGN).

A Eneva, por sua vez, fará um aumento de capital privado de aproximadamente R$ 1,15 bilhão, com preço de emissão de R$ 0,15.

Ao final do aumento de capital, a Eneva passará a deter 100% do capital social da PGN, tornando-se sua única acionista. Atualmente, a empresa detém 27,25% do capital social da PGN.

A PGN é operadora e detém direitos de concessão de exploração, desenvolvimento e produção de gás natural de blocos exploratórios localizados na Bacia do Parnaíba, no Maranhão.

Segundo fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Eneva será fornecedora exclusiva de gás natural para o Complexo Parnaíba, formado pelas usinas de geração de energia termelétrica localizadas no interior do estado do Maranhão e operado pela companhia, integrado por Parnaíba I Geração de Energia, Parnaíba II Geração de Energia, Parnaíba III Geração de Energia e Parnaíba IV Geração de Energia. “A Eneva se tornará a única empresa independente de gas-to-wire no país, passando a exercer duas atividades distintas e complementares de geração de energia e exploração e produção de óleo e gás.