Negócios

Perfume francês

LVMH, dona da Louis Vuitton e da Sephora, compra a loja virtual Sacks's e estreia no mercado brasileiro de comércio eletrônico 

A Louis Vuitton Moët Hennessy (LVMH), dona de diversas marcas de luxo, vestiu as cores verde-amarela na sexta-feira 2. E não foi para torcer pelo Brasil antes da derrota para a Holanda, na Copa do Mundo da África do Sul. O conglomerado do empresário Bernard Arnault, que fatura aproximadamente E 1,7 bilhão, anunciou a compra da Sack’s, principal empresa de varejo eletrônico de cosméticos do Brasil, com faturamento estimado em R$ 100 milhões.
 

99.jpg
Montenegro, da Sack’s: vendeu 70% do seu negócio por cerca de 
R$ 300 milhões para o empresário Bernard Arnault 

Para ficar com 70% da loja virtual, Arnault desembolsou cerca de R$ 300 milhões. Os antigos sócios, Carlos André Montenegro, Marcelo Franco e Albatroz Participações, manterão os restantes 30%. “O Brasil é uma região bastante promissora para o mercado de luxo. Trata-se de uma oportunidade formidável”, disse Antonio Belloni, diretor-geral da LVMH, em comunicado.

A LVMH passa a comandar um dos mais promissores espaços de vendas de cosméticos. A Sack’s é um dos três sites de comércio eletrônico mais acessados do País. São quase 50 milhões de visitantes ao ano que procuram 270 marcas de produtos de beleza. “O negócio da LVMH é comprar operações no segmento de luxo e em todas as oportunidades que aparecerem ela estará na fila”, diz o consultor de marcas José Roberto Martins, da Global Brands. 

A expectativa, agora, é com a chegada da Sephora, uma das principais marcas da carteira da LVMH. Ela está nas principais capitais do mundo, mas ainda não desembarcou no Brasil. A compra da Sack’s parece indicar que os olhos do grupo estão definitivamente voltados para o mercado brasileiro. “A Sack’s pode ser uma experiência importante antes de um novo passo”, diz Belloni. Pelo planejamento da LVMH, até o final de 2011 a Sephora abrirá as portas em um grande shopping de luxo, conforme antecipou DINHEIRO. Iguatemi e Cidade Jardim seriam dois locais que estariam na mira da rede.