Mercado Digital

Leilão reverso

A Oracle está conversando com uma dúzia de empresas interessadas em reproduzir por aqui o sistema market place ? um centro virtual de negociação cuja transação mais conhecida é o leilão revxerso. Nele, a empresa compradora informa o que quer comprar e quanto pretende pagar, no máximo. A partir daí, as empresas fornecedoras disputam o pedido on line. Quem oferecer por menos, leva. A Ford, por exemplo, precisava comprar uma quantidade enorme de pneus que, pelos meios normais, custaria US$ 90 milhões. No leilão reverso, ela conseguiu o mesmo lote de pneus por US$ 70 milhões. Os técnicos da Oracle garantem que é possível montar toda a infra-estrura do sistema em apenas 60 dias.

Poder feminino
A Lucent foi buscar na Boeing a substituta para Carly Fiorina, que deixou a companhia no ano passado em direção à HP. Deborah Hopkins, que por 16 meses comandou a área de finanças da maior fabricante de aviões do planeta, assumiu o cargo de vice-presidente da Lucent, uma das maiores empresas de infra-estrutura para telefonia do mundo. O esforço da Lucent em contratar Deborah mostra que as mulheres estão em alta no mercado americano. Fiorina que o diga.

Quiosque musical
Quem for aos Estados Unidos poderá experimentar gravar um CD nos quiosques auditivos que começam a ser instalados em lojas de som e supermercados. Neles, qualquer pessoa pode montar um CD com suas canções favoritas por um preço que varia de US$ 6 a US$ 20, dependendo da quantidade de músicas. Semelhantes a caixas eletrônicos, eles funcionam como uma espécie de central de gravação, interligada on line com um banco de dados. Embora o MP3 tenha se tornado o padrão de música na Internet, os provedores dos quiosques utilizam outros formatos para a gravação do CD. Para selecionar as canções é só tocar na tela e esperar cerca de quatro minutos pela gravação. Uma impressora lista as músicas escolhidas e um leitor de cartão de crédito recebe o pagamento. Por enquanto, apenas três empresas ? Musicmaker.com, Digital On-Demand e Liquid Audio ? estão testando seus modelos em lojas americanas. Em breve, quando for resolvida a polêmica do MP3 em relação ao pagamento de direitos autorais, os quiosques irão oferecer arquivos de músicas para os equipamentos portáteis que gravam no formato MP3, como o Rio, da Diamond.

À prova d?água
Na próxima ida à praia inclua na sacola, além do filtro solar, mais um equipamento: o ZS-X7. Criado exatamente para acompanhar os banhistas, o equipamento de som da Sony é resistente à água e vem com um pé que o mantém longe da areia. E mais: pode ser adaptado a barcos. Nos Estados Unidos, a geringonça custa US$ 200. Nas cores amarelo ou preto.

Simpsons.br
A família Simpsons terá, a partir de maio, uma versão de seu site americano em português (www.ossimpsons.com.br e espanhol www.lossimpsons.com). A investida da família na América Latina é uma forma de comemorar os 10 anos de um dos desenhos mais vistos no mundo. O site em português, previsto para estrear ainda neste mês de maio, trará um guia com todos os episódios dos 10 anos da série e as biografias dos personagens. Os brasileiros também poderão acompanhar o calendário das atividades que vão comemorar o aniversário do desenho.

Oportunidade
O banco Opportunity, que administra cerca de R$ 6 bilhões em recursos de clientes, pretende anunciar esta semana o nome de seu mais novo negócio: uma incubadora voltada para a Internet. A instituição, que já apóia dois projetos na área de e-commerce e infra-estrutura para Web, num total de R$ 1 milhão, recebe mais de 40 pedidos de investimentos por semana. Mas só 10% deles passam na primeira fase de seleção. A idéia é financiar projetos inéditos de empresas antigas que desejam começar um negócio na rede. ?Estamos dando prioridade para projetos com qualidade e que tenham um modelo de receita consistente?, resume Arthur Machado, administrador de recursos do banco.

Marketing.com
Vem aí uma empresa que promete criar soluções para as ?pontocom?, aumentando o tráfego e incrementando o comércio eletrônico. A Promored surgiu na Argentina, como um braço da segunda maior agência de marketing promocional daquele país, a No Limits. Em semanas, chegou ao Chile e Uruguai. E em um mês, estará no Brasil. A idéia é trabalhar com diferentes unidades de negócios: desde programas de milhagem em sites para ganhar usuários, até ações promocionais como cupons de desconto, sorteios de produtos e todos os tipos de promoção on line. ?Na Internet não se trabalha com impacto de marketing, mas conhecendo muito o usuário-alvo?, diz Patricia Gil, uma das sócias da companhia. O alvo da Promored são empresas grandes, que trabalham com vendas diretas ao consumidor. Na Argentina, a Promored tem 35 clientes, entre elas Unilever, Arcor, Burger King, Blockbuster e Mastercard, 30 mil usuários registrados e cerca de 3 mil acessos/dia.

Cyber cantores
A empresa alemã I-D Media descobriu um filão que está fazendo o maior sucesso entre os adolescentes europeus. São os cantores virtuais, criados graças a uma tecnologia chamada avatar, que utiliza recursos em três dimensões para dar vida a seres virtuais. E-Cyas, por exemplo, incorporou os principais traços do ator Keanu Reeves e dos músicos Ricky Martin e George Michael. Resultado: um estrondoso sucesso entre as adolescentes. Sua música Are You Real? (Você é Real?) já é uma das mais tocadas na Alemanha. T-Babe, a versão feminina, faz o estilo lírico, mas em um corpo atlético e sensual de uma garota de 18 anos. Os dois ?cantores? viraram febre entre o público teen. Eles recebem centenas de e-mail por dia e passaram a fazer parte do imaginário da garotada, com vários fãs-clubes na Internet. Os alemães da I-D também são os responsáveis pela criação da apresentadora AnaNova, que estreou na rede na semana passada, e da modelo Webbie Tookay, que já anda circulando em anúncios no Brasil e, em breve, posará nua para uma revista masculina.

A BM&F está de portal novo na rede. A modernização do site visa preparar a Bolsa de Mercadorias para as negociações totalmente virtuais.

A Federal Express assumiu o serviço expresso de entregas internacionais da Americanas.com. A cobertura abrange 210 países no mundo.

O comércio eletrônico deverá chegar a US$ 82 bilhões na América Latina em 2004. O Brasil, segundo o Forrester Reserch, será responsável por US$ 64 bilhões.

I-Time
O relógio da foto ao lado é o mais recente lançamento da Swatch, a inventora do Internet Time, medida de tempo criada no ano passado pela empresa suíça para unificar os horários dos internautas em todo o mundo, acaba de lançar mais um relógio. A invenção acabou se revelando uma boa estratégia de marketing. Tanto que a empresa está trazendo para o Brasil a segunda série de relógios com o horário da rede, a Beat Aluminium. Composta de dois modelos ? Floting.Dot e Webstream ?, os reloginhos custam R$ 180 e trazem como novidade animações em duas dimensões.

Colaboraram: Juliana Simão e Nelson Rocco