Geral

Venceu o bom-senso

Acertada a decisão da Câmara que por 212 votos contra 144 rejeitou o projeto de lei que permitia a volta da exploração legal dos bingos no Brasil 

O princípio, disfarçado na causa da geração de empregos, tinha como pano de fundo facilitar a prática da lavagem de dinheiro e outros crimes. Muito bom saber que o Legislativo não cedeu ao lobby do crime organizado. O passado recente dos bingos que proliferaram pelo País condena qualquer nova tentativa de reimplantá-los.

 

 

1 – Expansão

Comprando

 

Manoel Amorim, presi-dente da Abril Educação, recebeu sinal verde para fazer até cinco novas aquisições de grupos educacionais para o portfólio da empresa. O fôlego é bem grande.

 

5.jpg

 

 

2 – Negócios

Mais uma fábrica

 

Além da nova fábrica no Rio de Janeiro, Ivan Zurita, presidente da empresa, recebeu autorização para mais uma nova planta no Brasil. A matriz da Nestlé está confiante no crescimento do País e no mercado interno de consumo para os próximos três anos. O investimento será de R$ 120 milhões. 

 

3.jpg

 

 

3 – Internet

Todo cuidado é pouco…

 

Um conhecido artista do mercado fonográfico fez show, bebeu um pouco a mais e, na volta ao hotel, engatou uma conversa virtual com uma mulher que havia conhecido na rede. O final da história? A tal mulher convenceu o cantor a mandar uma foto por e-mail. A empolgação o fez mandar uma foto em trajes… quer dizer, sem trajes… Resultado? O tal artista foi extorquido na semana seguinte. O affair foi abafado. Mas vazou.  

 

 

4 – Balanço

Bom ano

 

A Siemens do Brasil encerrou 2010 com excelente resultado. Fechou o ano com faturamento de R$ 4,2 bilhões. Foi 10% acima do registrado no ano passado. Adilson Primo, presidente da subsidiária brasileira, também aumentou seu quadro de pessoal em 14% e hoje emprega mais de dez mil colaboradores.

 

7.jpg

 

 

5 – Vendas

Christmas

 

O ano nem acabou e a Cacau Show já registrou aumento de 40% nas vendas de panetone trufado, em relação a 2009, o que corresponde a mais de dois milhões de unidades. Só nas festas de final de ano, Ale-xandre Costa deve ampliar em R$ 100 milhões o seu faturamento. É o chamado Natal gordo.  E põe gordo nisso.   

 

6.jpg

 

 

6 – Polícia

Traição

 

Funcionário de uma grande empresa do setor de alimentos enviou 100 fórmulas confidenciais de diversos produtos à concorrência e no dia seguinte, claro, pediu demissão. O assunto foi parar na polícia.

 

 

7 – Cosméticos

É meu!

 

Situação semelhante aconteceu em uma empresa química de grande porte. Um ex-funcionário do alto escalão da divisão de cosméticos foi descoberto com mais de uma dezena de fórmulas em seu computador pessoal. Ques-tionado, não pensou duas vezes. Confessou na caradura que pretendia usá-las em benefício próprio no futuro. O espertalhão está sendo processado pela ex-empresa.

 

 

8 – Festas

Roubo espetacular

 

Um caminhão repleto de obras de arte que se deslocava de um museu na Espanha em direção a outra instituição cultural, no sul do país, foi assaltado. Roubaram o caminhão e sua carga: 20 obras de grande importância. Dentre elas, cinco quadros de Fernando Botero, estimados em US$ 6 milhões. O prejuízo total foi superior a US$ 30 milhões. O assunto virou escândalo na Espanha.

 

 

9 – Seguros

Melhor prevenir

 

A Assurant Solutions, braço da seguradora norte-americana, fechou o terceiro trimestre no Brasil com R$ 71,8 milhões em prêmios – crescimento de 20% em relação a 2009. No topo do ran-king? Seguro de acidentes pessoais, que teve alta de mais de 120%. 

 

 

10 – Autos

Esgotado

 

A Peugeot comemora. Lançado no final de novembro e destaque no Salão do Automóvel de São Paulo deste ano, as primeiras 800 unidades do crossover 3008, seu mais novo lançamento, já sumiram das concessionárias. A montadora corre para trazer mais automóveis, importados da França, no início de 2011.

 

 

11 – Destino

Four Seasons Resort Costa Rica

 

Na encosta de uma montanha na Península de Papa-gayo, no litoral norte da Costa Rica, no lado do Pacífico, o Four Seasons Resort Costa Rica desponta como um hotel ex-clusivo e luxuoso. As varandas se abrem estrategicamente para as melhores vistas. A decoração é inspirada no artesanato indígena e os apartamentos e suítes unem conforto e alta tecnologia. O hotel tem cinco diferentes restaurantes e bares. O serviço é impecável. O desenho do campo de golfe, com 18 buracos, acompanha a linha do oceano. Há ainda inúmeras atividades de aventura e exploração, como as visitas ao ativo vulcão Rincón. Diárias a partir de US$ 500. www.fourseasons.com/costarica

 

1.jpg

 

 

12 – Chanel

Opening

 

A segunda loja exclusiva de cosméticos da Chanel da América Latina, no Shopping Iguatemi, em São Paulo, vendeu como pão quente neste Natal. O sucesso foi a linha exclusiva de perfumes só encontrada lá. O preço médio é de… R$ 1 mil por frasco.  

 

 

13 – Objeto de desejo

Motocar

 

Já chegou ao Brasil a Can-Am Spyder, um veículo híbrido que mistura a liberdade das motos e o conforto e a segurança dos carros. Desenvolvido pela Bombardier, o triciclo tem 106 cavalos, potência suficiente para ir de zero a 100 km/h em 4,5 segundos, desempenho de uma Mercedes. Com espaço para duas pessoas, a Can-Am tem GPS e até entrada para iPod. O preço? R$ 85 mil. À venda na loja Tools e Toys no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo.

 

2.jpg

 

 

14 – Entrevista

 

4.jpg

Marco Antonio Bologna, presidente da TAM S/A 

 

Marco Antonio Bologna, presidente da TAM S/A, fala sobre os planos da companhia aérea, sobre a infraestrutura da malha aeroportuária brasileira, o transporte aéreo de cargas e a consolidação da gigante Latam. Confira na entrevista. 

 

Líderes – Hoje, qual o principal problema do sistema aeroportuário brasileiro?


Marco Bologna – Nosso grande gargalo é a infraestrutura. Precisamos definir os modelos. Acredito que não teremos uma solução única. Haverá concessões privadas e mistas, como as parcerias público-privadas. 

 

 

Líderes – Quais os planos da TAM S/A para alavancar seus negócios de transporte aéreo de cargas?


MB – O Brasil tem um grande potencial no transporte aéreo de carga, em função do crescimento da economia nacional e da sua diversificação em produtos e destinos. Queremos crescer no mercado de transporte de carga, que hoje representa 9% do faturamento total, e a TAM é a empresa que tem a maior capacidade de posicionamento do setor. A fusão com a LAN também será importante para o negócio, já que a companhia opera com mais de uma dúzia de aviões cargueiros. 

 

 

Líderes – Quando a Latam começa a operar?


MB – Submetemos a estrutura societária definitiva à Anac em novembro e agora dependemos de várias aprovações que devem ser concedidas até o final do primeiro semestre de 2011. Ou seja, em setembro nasce a Latam. Vale lembrar que não é uma companhia aérea e sim um grupo de companhias aéreas. Vamos preservar as identidades. A sede da holding e uma das sedes operacionais serão instaladas em Santiago; a outra base ficará em São Paulo. 

 

 

“Você nunca sabe se resultados virão da sua ação. Mas, se você não fizer nada, não existirão resultados” Mahatma Gandhi

 

 

Com Mariana Garbin e Daniela Filomeno Pereira