Geral

Inserção no mercado

Empresas que incentivarem a inclusão de portadores de necessidades especiais poderão receber incentivos fiscais 

Ao comprar produtos e equipamentos tecnológicos que facilitem essa inclusão, como scanners para deficientes visuais ou impressoras especiais para textos em braile, por exemplo, terão impostos reduzidos. É assim que funciona hoje com pessoas que compram uma cadeira de rodas e têm isenção de ICMS, IPI, PIS e Cofins. O poder público que respeita os portadores de deficiência dá sinal positivo à sociedade civil e oferece uma demonstração de respeito e não discriminação. O exemplo de São Paulo deve ser copiado.

1 – Auditoria 
escândalo

Há pouco tempo a subsidiária brasileira de um conhecido estúdio de cinema de Hollywood sofreu uma verdadeira intervenção da matriz. Auditores e equipe de investigadores fizeram uma rigorosíssima auditagem na companhia. O resultado deixou os envolvidos de cabelo em pé. A falcatrua era geral. Resultado: o presidente e dois diretores foram sumariamente demitidos e o assunto foi parar na esfera criminal.

2 – Venda
Sem tomates

A Unilever decidiu vender suas marcas de atomatados e conservas. As conhecidas Pomarola e Pomodoro (da Cica) e todas as marcas da Arisco no segmento foram colocadas à venda. Os potenciais compradores são a Camil, a Hypermarcas e a ConiExpress (da família Pauletti). 

3 – Higiene & beleza
Liderança

A Kimberly-Clark comemora a liderança no gigantesco mer-cado brasileiro de absorventes higiênicos. A marca Intimus ultrapassou as concorrentes Sempre Livre (Johnson’s)  e  Always (Procter&Gamble).  O crescimento nas vendas do absorvente Intimus foi tal que garantiu à Kimberly do Brasil a liderança mundial no segmento. João Damato, presidente da Kimberly, está com sorriso largo.

31.jpg

 

4 – Telefonia
Nova banda

A Agência Nacional de Telecomunicações definiu que o leilão milionário da “banda H” de telefonia móvel 3G acontecerá neste mês de julho. O evento está sendo ansiosamente esperado pelas operadoras e pela Anatel, que pode abocanhar até R$ 5 bilhões com a comer-cialização das frequências.

 

5 – Telefonia 2
A outra banda

A má notícia no setor das teles é que as companhias que já operam no Brasil terão de ficar fora do leilão. A iniciativa visa estimular a concorrência, já que as tarifas de telefonia celular no Brasil estão entre as mais caras do mundo. Entre os possíveis novos concorrentes estão Nextel, Vivendi e a japonesa Docomo.

 

6 – Governo
Rápida no gatilho

Comenta-se em Brasília que a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que há pouco mais de um mês substituiu Carlos Minc, vai sair de férias neste mês de julho. Deve estar exausta.

30.jpg

 

7 – Siderurgia
Olho no peixe

O mercado siderúrgico brasileiro quer crescer rápido. Nos próximos dez anos, o seg-mento deve receber investi-mentos de US$ 40 bilhões. O Banco do Brasil, de olho nesse movimento, mapeou o setor para saber quais as compa-nhias com maior potencial de crescimento. São oito os projetos de expansão de negócios e construção de novas usinas.

 

8 – Política
Ficha suja

O Tribunal Superior Eleitoral recebeu do Tribunal de Contas da União a lista de pessoas públicas que podem ficar inelegíveis nas eleições deste ano. Ao todo são 4.922 nomes, responsá-veis por 7.854 contas irregulares. A bomba agora está nas mãos da Justiça Eleitoral, que deve indeferir ou não os pedidos de registro das candidaturas, que podem ser feitos até julho.

35.jpg

 

9 – Marketing
Verde-amarelo

Muito boa a iniciativa do Banco Itaú de iluminar várias das suas agências em todo o Brasil nas cores verde e amarelo. Uma medida simples, criativa e com custo relativamente baixo. Mas de grande impacto. É o chamado marketing de oportunidade, feito com talento e identidade.

 

32.jpg

 

10 – Destino
La Samanna – Saint Martin

O hotel La Samanna, em Saint Martin, ganhou reputação de ser um luxuoso complexo para descansar e desfrutar momentos memoráveis. Seu estilo colonial, inspirado na arquitetura grega, proporciona ao visitante uma atmosfera harmo-niosa. Os serviços são impecáveis. A gastronomia francesa surpreen-dente é um de seus fortes. Isso sem falar nos apartamentos, suítes e as villas, que são espaçosos e dispõem de todas as amenidades que um hóspede exigente necessita. Destaque para a adega Le Cave, que abriga 20 mil garrafas de vinho. O premiado hotel La Samanna é integrante da rede Orient-Express. Suas diárias custam a partir de US$ 450. www.lasamanna.com 

34.jpg    

 

                                                                                                                                                                                                            

11 – Copa
Verba

Um total de 35 empresas se interessou em realizar a remo-delação do Está-dio do Maracanã para a Copa de 2014. A obra cus-tará R$ 720 milhões. Depois da Copa, o Maracanã deverá ser admi-nistrado por uma empresa privada. A briga vai ser boa.

12 – Objeto de desejo
Ferragamo para iPad

A grife Salvatore Ferragamo tam-bém está produzindo seus iPad cases. O produto, que só chegará ao Brasil para o Natal, pode ser encontrado em duas opções em couro, além de uma outra em tecido com detalhes em couro. Todas têm o mesmo formato de envelope. O preço varia conforme o material e, lá fora, custa entre US$ 290 e US$ 390.      

33.jpg                  

            

13 – Entrevista           
 

36.jpg
Eduardo Toni, diretor de marketing da LG

 

A coreana LG se firmou como uma marca sólida, inovadora e com alta tecnologia. No Brasil, vem crescendo sua participação no mercado. Confira na entrevista com Eduardo Toni, diretor de marketing da LG.

LÍDERES – O Brasil é peça-chave para a LG?
Eduardo Toni   –
 A operação brasileira é a segunda mais importante do mundo, depois dos Estados Unidos. Hoje produzimos tudo o que vendemos, exceto os produtos de linha branca.

LÍDERES – Qual o segmento em que a LG está mais bem posicionada?
ET – 
Somos líderes no segmento de tevês. Temos 32% de market share e devemos vender cerca de 11 milhões de aparelhos ao longo de 2011.

LÍDERES – A convergência entre tevê e internet já é uma realidade? 
ET –
 Hoje já é possível acessar a internet pela tevê, graças a parcerias com produtoras
de conteúdo, como Terra e UOL, e à nossa tecnologia. Essa convergência possibilita maior acesso à informação e entretenimento, em tempo real.

LÍDERES – Há entraves para o crescimento mais acelerado do setor?
ET –
 O Brasil é um país em franco desenvolvimento, mas ainda tem gargalos. O custo de logística, infraestrutura e impostos é muito alto. E isso acaba impactando o preço do produto para o consumidor final. Como observamos em alguns segmentos, a redução de impostos resulta diretamente na diminuição de preços. O governo deveria prestar mais atenção nisso.

 

Aprovado

Efeito Ficha Limpa

Alguns políticos , que há poucos meses eram candidatos, começam a mandar comunicados para seus eleitores informando que desistiram de participar da próxima corrida eleitoral. As alegações são as mais variadas: perseguição política, problemas de saúde, morte na família… Por que será?

Reprovado

Aumento federal

Graças à “gratificação de desempenho”, servidores do Senado serão brindados com aumentos salariais que variam entre 40% e 100%. O benefício consta no artigo 9º do ato da Mesa Diretora do Senado. Um motorista do Senado pode chegar a receber o salário de quase R$ 20 mil mensais. Um absurdo.

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”  Cora Coralina

 
Com Renata Batochio e Daniela Filomeno Pereira