Investidores

7 coisas que seu agente de viagens não lhe diz

 

Viajar é um dos melhores investimentos, não é mesmo? É. Desde que você esteja precavido e evite dores de cabeça comuns na hora que resolver arrumar as malas e embarcar. Confira a seguir alguns detalhes que nem sempre são totalmente esclarecidos e que podem acabar com o seu descanso:

1 ? Tarifas promocionais não podem ser trocadas facilmente.
Existem treze diferentes tarifas dentro de um mesmo vôo. Saiba se aquela que você está comprando poderá ser alterada. As promoções da Vasp, por exemplo, não têm sido endossadas por nenhuma agência.

2 ? Escolhi esse hotel porque o cinco estrelas estava lotado…
Para evitar o problema, verifique se no contrato estão todas as informações detalhadas. Mas, se isso acontecer, você deve exigir substituição. Ou a devolução do seu dinheiro.

3 ? Se você utilizar seu plano de milhagem, a parte terrestre será mais cara.
Imagine que você comprou um pacote de uma agência e as passagens são da companhia aérea do qual você tem milhagem. Nesse caso, se você usar o bilhete cortesia terá de pagar um adicional sobre a parte terrestre (a ser determinado pela operadora).

4 ? Os traslados de chegada e saída só são de graça em datas definidas.
Se você pedir noites extras no início ou no final do tour, perde esse direito.

5 ? Não transportamos malas extras.
A operadora deve definir quantas malas cada pessoa pode levar. E deixar claro que cada passageiro deve cuidar das malas que excederem esse número.

6 ? Quem não embarcar no dia e horário previsto deverá ressarcir a operadora.

Se isso aconteceu, há ainda a possibilidade de fazer acordos para que você reverta parte do valor num crédito para fazer outra viagem, por exemplo.

7 ? A viagem foi cancelada. Não há número de passageiros suficiente!

Qualquer excursão que não tiver um grupo mínimo determinado pode ser cancelada ou ter seu preço recalculado ? se for de interesse dos passageiros. Se houver o cancelamento, a agência deverá devolver integralmente o valor pago ? e corrigido.