Economia

Denunciados mais seis suspeitos de assalto a Kim Kardashian

A Justiça francesa denunciou, nesta sexta-feira (13), mais seis suspeitos de terem participado do roubo à estrela americana Kim Kardashian, em Paris, no mês de outubro, elevando a dez o número de denunciados no caso.

Quatro suspeitos, a maior parte deles homens experientes e conhecidos no mundo do crime, já haviam sido denunciados na quinta-feira (12).

Os investigadores acreditam ter encontrado o mentor do assalto, um homem de 60 anos cujo DNA foi detectado no início da investigação, em uma das cordas usadas para amarrar Kim Kardashian. Vigiado pelos policiais, seus contatos permitiram chegar ao resto da equipe.

Conhecido no mundo do crime, já havia sido condenado em 1985 a sete anos de prisão por roubo com agravante. Entre os denunciados também estão o filho dele, de 29 anos, suspeito de ter atuado como motorista do grupo na noite do crime, e sua esposa, de 70 anos, suspeita de ter fornecido ajuda logística.

Outro dos supostos criminosos, de 61 anos, apelidado de “Olhos azuis” também é um antigo conhecido da Justiça, desde 1975. Foi condenado em 2003 a oito anos e meio de prisão por tráfico intercontinental de cocaína, por supostamente ter recebido duas toneladas de droga em um aeroporto parisiense.

Na noite do dia 2 de outubro, cinco homens armados, usando máscaras e roupas de policiais, neutralizaram o vigia noturno e, depois, dois deles subiram para o apartamento da estrela americana de 36 anos, que estava em Paris para assistir à Semana de Moda.

Após terem-na amarrado, amordaçado e prendido no banheiro, os assaltantes fugiram com joias avaliadas em nove milhões de euros.

Yunice A., de 63 anos, suposto assaltante, foi detido junto com outros três homens, considerados cúmplices. Dois deles estão em prisão preventiva: Florus H., de 44 anos, e Gary M., de 27 anos, suspeitos de terem informado aos assaltantes os horários da estrela de “Keeping Up with the Kardashians”.

O terceiro cúmplice, Marceau B., de 64 anos, é suspeito de ter ajudado a se desfazer dos objetos roubados de Kim, de acordo com uma fonte próxima à investigação.

nal/tmo/thm/jvb/pc/cb/mvv