Estilo

Noite americana


Eles criaram o Vitória Pop, uma espécie de mini Rock?n Rio, que levou 50 mil pessoas ao Espírito Santo. Transformaram o camarote Expresso 2222, de Gilberto Gil, no local mais agitado de Salvador durante os dias de carnaval. Fizeram desfiles de moda em Vitória, Recife e Belo Horizonte. Agora, essa turma de jovens bem-nascidos e bem-sucedidos no mundo empresarial, saliente-se, traz uma novidade para a capital paulista. No próximo dia 18, Marcus Buaiz, Pedro Paulo Diniz, Edsá Sampaio e o novo sócio, Mario Bernardo Garnero, inauguram a filial da Lotus, uma das casas noturnas mais badaladas de Manhattan. O lugar é freqüentado por celebridades como o estilista Jean Paul Gautier e pelos atores Jeniffer Lopez e Bruce Willis. O empreendimento do quarteto brasileiro é de mais de US$ 1 milhão e a boate terá capacidade para 450 pessoas. ?Traremos o que há de mais novo e de melhor para a Lotus?, diz Marcus Buaiz, diretor da Host Entertainment, empresa de eventos.

Para transportar toda a excelência de atendimento da Lotus de Nova York para São Paulo, o grupo convocou o americano Rudolf Pieper, mito da noite nova-iorquina. Consultor das casas noturnas mais badaladas do planeta, ele participou da criação do Studio 54, a lendária boate que incendiou Manhattan no fim dos anos 70. ?Ele é o responsável por cada detalhe na construção da casa?, diz Buaiz. Tudo foi pensado para agradar aos clientes. Como a Lotus está localizada no segundo andar do hotel Meliá, no bairro do Brooklyn, o acesso é, de certa forma, privativo. Será possível, por exemplo, chegar até de helicóptero ao local. ?Estava faltando um lugar como esse para substituir o Gallery de antigamente?, diz a promoter Alicinha Cavalcanti, referindo-se à boate que fervia nos anos 80. ?Era uma casa glamourosa, com comida e bebidas excelentes?, diz ela. Iss não faltará, pois os empresários fecharam parcerias com marcas como o champanhe Don Perignon. Aliás, haverá dois camarotes exclusivos com o nome da marca. Para ter acesso a esse espaço, o freqüentador terá de desembolsar R$ 1 mil.

Apesar da alta quantia, o cliente terá mordomias. Com vista para a pista de dança, o camarote poderá se tornar mais privado ainda. Ao toque de um botão, ele gira automaticamente ficando de costas para a pista. O local terá ainda uma sala vip, com espaço para 80 pessoas, na qual poderão ser organizadas festas particulares, com pratos da culinária asiática. Como pretendem ter uma clientela seleta e fiel, lançarão o Memberchipcard. São 50 cartões, cuja anuidade será de R$ 10 mil, e garante vantagens para a turma com bolsos abonados. ?Com o cartão, o sócio não pega fila, tem direito a entrar com um acompanhante e a uma garrafa de champanhe por mês?, diz Buaiz. A entrada para os não-sócios, mediante a avaliação de uma recepcionista, custará R$ 80 para os homens e R$ 40 para as mulheres. Os empresários também reservaram alguns dias da semana para organizar eventos de empresas e pocket shows. Na verdade, os quatro empresários instalaram em seu cotidiano uma técnica de cinema que reproduz uma cena noturna mesmo durante o dia, debaixo do sol ? a chamada Noite Americana.