Edição nº 1052 12.01 Ver ediçõs anteriores

Entrevista

“Temos que estar preparados para o impensável”

“Temos que estar preparados para o impensável”

10 perguntas Jean-Pierre Lehmann, professor emérito do IMD

Paula Bezerra
Edição 12.08.2016 - nº 980

A crise de refugiados da Europa chama a atenção do economista Jean-Pierre Lehmann. Não só pela crise humanitária, mas por identificação Nascido nos EUA, Lehmann é filho de refugiados da Segunda Guerra Mundial. Já adulto, ele voltou ao berço de sua família, onde iniciou sua carreira na escola suíça de negócios IMD. Ele concedeu a seguinte entrevista à DINHEIRO:

O setor privado está preparado para acompanhar as mudanças globais? 
Uma vez li que, depois da queda do muro de Berlim, a divisão de ideologias nunca mais aconteceria. Mas é só olharmos onde estamos agora. Situações catastróficas acontecendo em todos os lugares, incluindo o Brasil. Essas tendências perigosas, causadas pelo protecionismo e pelo nacionalismo, que vão contra a globalização, fazem com que pessoas como o Donald Trump e fenômenos como o Brexit ganhem espaço. E o mundo dos negócios não quer se envolver nisso.

Por quê?
Agora, com o Brexit, as empresas estão preocupadas com o Reino Unido. Mas o que elas fizeram antes? Nada. Existem razões para isso: elas não estão intelectualmente preparadas, o que faz com que a gestão não seja aplicada da melhor maneira. É uma questão de liderança, motivação. E compreender o que acontece com o planeta é um começo.

Como é possível mudar esse cenário?
Um teórico amigo meu disse que chegou o momento de pensar o impensável. O caso de imigração da Europa é um exemplo claro disso. A demografia do continente precisa de jovens, mas eles não sabem como utilizar isso. Dessa forma, as empresas precisam começar a pensar, investir, fazer acordos e negócios para fazer com que isso se torne algo vantajoso.

O Brexit colocou em xeque a globalização? 
Lembro que em 1990 me falaram que a globalização seria irreversível, e eu respondi “não fale isso.” Na verdade, o que mudou foi o que chamamos de globalização. Porém, as crises aumentam o protecionismo. Há uma visão que a globalização não está funcionando, porém, o que temos que admitir é que o mundo está mudando. As formas de se fazer comércio estão mudando.

O sr. acredita que é o fim da Organização Mundial do Comércio (OMC)? 
Sim. Não no quesito de deixar de existir, mas em funcionalidade. Eles não estão seguindo as mudanças do século XXI.

Quais são os principais impactos que o Brexit causará ao Reino Unido?
Durante um século inteiro, o Reino Unido foi um império. O cenário mudou. Ouvi de muitas pessoas “esperava isso de todos. Dos brasileiros, italianos, menos dos britânicos.” Se essa decisão pode culminar com o fim do Reino Unido? Sim, acredito que sim. Mas ainda é muito cedo para avaliarmos os impactos.

Devemos nos preocupar se Trump se tornar presidente dos EUA? 
Sim, muito. Será uma bagunça degenerada. O que está acontecendo é exatamente pensar no impensável. E o Trump é o impensável. Se você me dissesse em 2015 que ele seria o candidato do Partido Republicano, falaria “claro que não.” Acredito que temos que estar preparados para pensar o impensável. Isso é extremamente preocupante. Porém, diria de outra maneira. Não acho possível Trump ganhar, mas acho possível a Hillary Clinton perder. As pessoas não confiam nela. Eu não confio nela.

Mas as pesquisas eleitorais já apontam Hillary à frente de Trump… 
Sim. Mesmo que ele não se torne presidente dos EUA, o fenômeno Trump já é preocupante, por toda a ideia que ele propaga. Se ele se tornar presidente, então, será algo catastrófico.

Especialistas apontam que o BRICS está chegando ao fim. O sr. concorda? 
Não. Não há como chegar ao fim algo que nunca existiu. Para mim, o BRICS nunca existiu. Isso porque a China é um império, e não um mercado emergente. É por isso que não acredito no conceito dos BRICS. Isso nunca fez sentido. Eles não têm nada em comum economicamente, culturalmente, politicamente.

O Brasil está enfrentando uma grave recessão. Como analisa a crise?
Continuo acreditando que o Brasil tem um enorme potencial, porém, é necessário que haja abertura, não só comercial, mas, também, de pensamento da população.

  • Dólar Comercial
    R$3,21000 +0,09%
  • Euro Comercial
    R$3,93970 +0,99%
  • Dow Jones
    25.803,20 +0,89%
  • Nasdaq
    7.261,0600 +0,68%
  • Londres
    7.780,30 +0,14%
  • Frankfurt
    13.298,40 +0,74%
  • Paris
    5.525,68 +0,29%
  • Madrid
    10.522,20 +0,53%
  • Hong Kong
    31.904,80 +1,81%
  • CDI Anual
    6,89% 0,00%

Contas públicas

Conta dos Estados sai do azul para rombo de R$ 60 bilhões


PagSeguro: um novo unicórnio brasileiro a caminho

Bastidores das empresas

PagSeguro: um novo unicórnio brasileiro a caminho

Se conseguir realizar o seu IPO nos Estados Unidos, a empresa brasileira do grupo de internet UOL conseguirá atingir um valor de mercado que pode variar entre US$ 5,4 bilhões e US$ 6,3 bilhões

“Nosso cliente vai usar milhas para pagar o Uber”, diz presidente da Smiles

Moeda Forte

“Nosso cliente vai usar milhas para pagar o Uber”, diz presidente da Smiles

PF tem aval para avançar na criação de polícia de fronteira

Contrabando

PF tem aval para avançar na criação de polícia de fronteira

Em fábrica da Fiat, operários e exoesqueletos

Montadora

Em fábrica da Fiat, operários e exoesqueletos

Air France rechaça relatório que culpa tripulação por acidente

Aviação

Air France rechaça relatório que culpa tripulação por acidente

Segundo a companhia, o relatório, que apresenta uma nova conclusão sobre o acidente, foi conduzido de forma unilateral e não contraditória, e nunca foi associado ao trabalho dos especialistas encarregados pela investigação


TV Dinheiro

Quais são os riscos de investir em Bitcoin?

Dinheiro sem susto

Dinheiro sem susto

Quais são os riscos de investir em Bitcoin?

O jornalista Cláudio Gradilone, editor de finanças da Dinheiro, comenta o futuro da criptmoeda.


Blog

Compass explode nas buscas do Mercado Livre e sobe 295% em apenas 6 meses

República do Automóvel

República do Automóvel

Compass explode nas buscas do Mercado Livre e sobe 295% em apenas 6 meses

O SUV mais vendido do País rouba o lugar do Honda HR-V no ranking dos 10 carros mais procurados no varejo eletrônico


Mundo

Mianmar e Bangladesh terão dois anos para repatriar refugiados rohingyas

Ásia

Mianmar e Bangladesh terão dois anos para repatriar refugiados rohingyas

Investimentos da China no exterior caem 29,4% em 2017

Gigante

Investimentos da China no exterior caem 29,4% em 2017

Não há solução mágica para crise da água, diz presidente do Conselho Mundial

Crise mundial

Não há solução mágica para crise da água, diz presidente do Conselho Mundial


Entrevista

‘A Aerolíneas Argentinas é uma empresa política’

Isela Costantini, general manager do grupo GST

Isela Costantini, general manager do grupo GST

‘A Aerolíneas Argentinas é uma empresa política’

Isela Costantini adora um desafio. Por isso ela aceitou o convite feito por Macri para assumir a Aerolíneas Argentinas. À DINHEIRO, ela conta os problemas enfrentados em seus anos à frente de uma das maiores estatais da Argentina e por que deixou a empresa


Economia


Importadores de carros ganham fôlego com o Rota 2030

Indústria automobilística

Importadores de carros ganham fôlego com o Rota 2030

Sem barreiras a veículos estrangeiros e com metas para ampliar a eficiência energética dos carros, nova política automotiva chacoalha desenho de forças do mercado nacional

Saiba quais são as obras que podem sair do papel com os novos leilões

Temporada aberta

Saiba quais são as obras que podem sair do papel com os novos leilões

Período eleitoral deve limitar execução de carteira de mais de 70 projetos federais de infraestrutura e de outros ativos oferecidos pelos Estados

Ele é o homem forte de Alckmin na economia

Persio Arida

Ele é o homem forte de Alckmin na economia

Persio Arida vai coordenar a equipe econômica do tucano na corrida presidencial

CVM proíbe fundos de investir em moedas virtuais

Controle

CVM proíbe fundos de investir em moedas virtuais

Xerife do mercado não considera a Bitcoin e outras criptomoedas como ativos financeiros

É possível dar um fim à crise da Venezuela?

América Latina

É possível dar um fim à crise da Venezuela?

Apesar da grave recessão e da hiperinflação, país faz aceno diplomático e paga parte da dívida com o brasil. até onde vai a reaproximação com o regime de Maduro?


Tecnologia


CES: as apostas das empresas de tecnologia para 2018

Nas curvas da tecnologia

CES: as apostas das empresas de tecnologia para 2018

TVs que podem ser enroladas, carros autônomos, tecnologia 5G e a briga particular entre Google e Amazon. A maior feira de eletroeletrônicos do mundo faz suas apostas no futuro

Como funciona o carro da Nissan guiado pela mente

Direção cerebral

Como funciona o carro da Nissan guiado pela mente

Tecnologia exibida pela Nissan conecta os carros diretamente ao cérebro dos motoristas


Negócios

Como Carlos Wizard pretende se tornar o mago do fast-food

Alimentos

Alimentos

Como Carlos Wizard pretende se tornar o mago do fast-food

Com Taco Bell, KFC e Pizza Hut, o bilionário Carlos Wizard Martins, fundador das escolas de idiomas Wizard, mostra apetite por um segmento que não para de crescer

Tolerância zero contra o machismo e o racismo

Fim da indulgência

Tolerância zero contra o machismo e o racismo

O protesto das atrizes no Globo de Ouro e a demissão do presidente da Salesforce no Brasil evidenciam uma nova ordem: os tempos de indulgência com o machismo e o racismo acabaram

Você já pensou em alugar um CEO?

Gestão

Você já pensou em alugar um CEO?

Executivos se unem e criam consultoria especializada em assumir o comando de empresas em dificuldade

A Philip Morris vai largar o vício?

Cigarros

A Philip Morris vai largar o vício?

A empresa jura que vai deixar de vender cigarros no Reino Unido, mas deve continuar no negócio


Finanças


A alta da bolsa é sustentável?

Disparou

A alta da bolsa é sustentável?

A expectativa de que Luiz Inácio Lula da Silva se torne inelegível no próximo dia 24 vem turbinando os preços das ações. Ainda dá para aproveitar esse movimento?

Esse investidor resolveu tirar férias... Para sempre

Descanso

Esse investidor resolveu tirar férias... Para sempre

Gestor de recursos que descobriu os mercados emergentes anuncia sua aposentadoria


Colunas


A inflexível “regra de ouro”

Editorial

A inflexível “regra de ouro”

A receita do China In Box

Moeda Forte

A receita do China In Box

Afasta de mim este cálice

Sustentabilidade

Afasta de mim este cálice

A aposta da Kodak nas moedas virtuais

Dinheiro & Tecnologia

A aposta da Kodak nas moedas virtuais

Gala brazuca

Cobiça

Gala brazuca


Artigo

O Partido da Justiça

Por Ralphe Manzoni Jr.

Por Ralphe Manzoni Jr.

O Partido da Justiça

Cada vez mais, o Judiciário está adotando um viés político em suas decisões, como mostra o caso de Cristiane Brasil

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.