Economia

Vendas de imóveis residenciais sobem 35,5% em outubro, aponta Secovi-SP

As vendas e os lançamentos de imóveis na capital paulista tiveram alta em outubro frente ao mesmo mês do ano passado, de acordo com pesquisa divulgada nesta terça-feira, 13, pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). No acumulado do ano, porém, o setor teve retração nas operações.

As vendas de imóveis residenciais novos em outubro chegaram a 1.507 unidades, queda de 12,2% ante setembro e crescimento de 35,5% em relação a outubro de 2015. No acumulado deste ano, as vendas totalizaram 12.324 unidades, volume 16,8% inferior ao total vendido no mesmo período do ano passado.

Os lançamentos de imóveis residenciais em outubro atingiram 2.127 unidades, volume 2,4% superior a setembro e 25,3% maior do que em igual mês de 2015. No acumulado do ano, os lançamentos totalizaram 12.389 unidades, queda de 21,9% em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

Com isso, a velocidade das vendas (relação entre a quantidade de unidades comercializadas e o total de unidades recém-lançadas e no estoque) foi de 5,8% em outubro, mostrando desaceleração frente aos 6,6% de setembro. O desempenho, porém, foi melhor do que em outubro de 2015, quando ficou em 4%.

O estoque de unidades residenciais (na planta, em obras e recém entregues) encerrou o mês de setembro em 24.575 unidades, redução de 6,9% ante outubro do ano passado.