Economia

Força pode apresentar emenda para elevar mínimo a R$ 580

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, que também é deputado federal (PDT-SP), anunciou hoje que irá apresentar emendas no Congresso Nacional para elevar o salário mínimo a R$ 580 e conceder um aumento de 10% para os aposentados que ganham acima do piso caso o governo envie medida provisória elevando o valor do mínimo de R$ 510 para R$ 540. Na avaliação de Paulinho, o reajuste de 5,52%, baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), é “pífio”.

O sindicalista fez cobranças nominais ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “No final de seu mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva parece querer que esqueçamos que seus oito anos de governo foram direcionados para o enfrentamento das desigualdades sociais”, afirmou, em nota à imprensa distribuída nesta tarde. “Os insensíveis tecnocratas, ainda enraizados na área econômica, insistem em dar um pífio aumento para o salário mínimo.”

Paulinho destacou a importância da política de valorização do mínimo para o crescimento do País e a redução das desigualdades econômicas. “Esta política voltada para os menos favorecidos e de bons reajustes para o piso nacional, vale destacar, teve forte impacto nos índices recordes de aprovação do presidente Lula”, afirmou o sindicalista.

Copyright © 2010 Agência Estado. Todos os direitos reservados.