Economia

China envia para Xinjiang coordenador do trânsito de Pequim

A principal autoridade do trânsito em Pequim foi demitida e enviada para a remota província de Xinjiang, ao mesmo tempo que as autoridades anunciaram medidas drásticas para reduzir os grandes engarrafamentos na capital chinesa.

A demissão de Huang Wei e sua nomeação para o posto de vice-presidente da região de Xinjiang (noroeste) foram decididas na quinta-feira, segundo a agência oficial Xinhua.

Mas as autoridades também anunciaram medidas para reduzir o número de veículos na capital e, assim, diminuir os gigantescos engarrafamentos que afetam Pequim.

Apenas 240.000 novos emplacamentos serão autorizados em 2011, dois terços a menos menos que em 2010, e com uma atribuição por sorteio.

Além disso, os motoristas de carros com placas de fora de Pequim precisarão de uma permissão para dirigir na capital. O preço dos estacionamentos também será elevado.

A capital chinesa tem atualmente 4,8 milhões de veículos registrados, 750.000 a mais que no fim de 2009. Há cinco anos eram 2,6 milhões de automóveis.

amj/fp

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?