Economia

Belarus: oposição denuncia fraude antes de presidenciais

A oposição de Belarus denunciou, este sábado, fraudes às vésperas das eleições presidenciais e pediu a anulação do pleito no qual se espera, salvo uma surpresa, a vitória do autoritário presidente Alexander Lukashenko, no poder desde 1994.

“Esta eleição não é livre, nem legítima”, declarou Vladimir Nekliaev, durante coletiva em Minsk, ao lado de Andrei Sannikov, dois dos principais candidatos da oposição, que convocaram uma manifestação no centro de Minsk após o encerramento das eleições, no domingo.

Eles acusaram, em particular, o regime de Lukashenko de abusar do sistema de votação por antecipação e de substituir discretamente os votos dos eleitores que votaram a favor do presidente em fim de mandato.

Os eleitores têm a chance de fazê-lo antecipadamente há vários dias.

Cerca de 18% do eleitoral já votaram neste sistema, informou este sábado a Comissão Eleitoral. Um número que deveria aumentar até o fechamento das urnas, à noite.

bfi/alf/mvv