Economia

Executivos chineses da Rio Tinto apelarão de condenações


Dois funcionários chineses da empresa de mineração Rio Tinto condenados por corrupção e espionagem industrial pretendem apelar das sentenças, anunciaram os advogados de defesa.

Wang Yong e Liu Caikui apelarão das condenações a 14 e sete anos de prisão respectivamente.

Um terceiro funcionário chinês, Ge Minqiang, sentenciado a oito anos, ainda não decidiu se vai apresentar recurso.

Ao lado deles, o diretor australiano da empresa em Xangai, Stern Hu, foi condenado a 10 anos de prisão.

A sentença de Hu foi muito criticada pelo governo da Austrália.

amj/fp