Economia

A casa no espaço

Mais de 1.200 metros cúbicos de área útil, ar condicionado central, dependências com armários especiais, banheiros, escritório, salas de ginástica e de som, tevê por assinatura e Internet de alta velocidade. Localização privilegiada, a 400 quilômetros de distância da Terra. Vista espetacular e quintal, digamos, infinito. Pronta para morar. Custo: US$ 60 bilhões. Esta é a descrição da Estação Espacial Internacional, traduzida para o linguajar dos classificados imobiliários. Desde segunda-feira, 18, quando os astronautas do ônibus espacial Atlantis encerraram uma visita de oito dias ao ambicioso empreendimento, ela está pronta para receber seus primeiros moradores. O ?habite-se? foi concedido pela agência espacial norte-americana Nasa ? coordenadora do projeto que envolve esforços de 16 países, entre eles o Brasil ? e, no dia 1º de novembro, mudam-se para lá dois cientistas russos e um americano.

 

A equipe do Atlantis caprichou no acabamento da obra, iniciada há quase dois anos. Coube a ela missões importantes como a conexão dos cabos de energia, dados e televisão, a instalação de cinco novas superbaterias ? capazes de gerar força suficiente para iluminar uma cidade de 50 mil habitantes ?, um gerador de oxigênio e (fundamental) um vaso sanitário especial. Também cuidaram da despensa, abastecida com cerca de 3 toneladas de alimentos, roupas, artigos de higiene e de escritório e até mesmo um aspirador de pó. Caberá ao americano Bill Shepherd a honra de liderar a primeira leva de ocupantes, que viverá na casa espacial por quatro meses. O Brasil, responsável pela produção de algumas peças da estação e que investirá um total de US$ 120 milhões para ter o direito de realizar pesquisas no espaço, em breve também vai poder mandar um astronauta para lá.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?