Dinheiro e Tecnologia

2011 já começou

DINHEIRO preparou uma lista com seis prováveis destaques tecnológicos dos próximos 12 meses. Confira 


41.jpg

Ator real renasce com Tron

Criaturas como Golun, de O Senhor dos Anéis, e os Navi, de Avatar, mostraram quanto os ateliês de efeitos especiais estão avançados ao criar personagens digitais. Faltava ainda mostrar que era possível fazer o mesmo com um ser humano. Não falta mais. Em Tron – o legado, que estreou na sexta-feira 17, a Disney recriou digitalmente o ator Jeff Bridges com impressionante realismo. Atento à novidade, o cineasta George Lucas, de Guerra nas estrelas, estaria atrás de direitos de imagem de grandes astros mortos para ressuscitá-los digitalmente. Então, não se assuste se encontrar um lançamento com Marilyn Monroe, Marlon Brando, James Dean, Rita Hayworth ou Clark Gable nos cinemas.

 

43.jpg

 

Empreendedora mirim

Se nos Estados Unidos não faltam exemplos de jovens empreendedores na internet, no Brasil eles são bem mais raros. Mas uma garota de apenas 11 anos da cidade de Lauro de Freitas, na Bahia, promete tornar essa disputa um pouquinho menos desfavorável. Adriele Moura, que está na sexta série do ensino fundamental, montou o Valor Baixo, site de compras coletivas que dá seus primeiros passos. Adriele teve a ideia ao ler uma reportagem sobre a febre dos sites de compras coletivas.

 

42.jpg

 

Nissan derrapa no Twitter

A ideia parecia boa. Juntar redes sociais e carros, duas paixões nacionais, para fazer uma ação de marketing. Não tinha como dar errado pensou a Nissan. Mas deu. Tudo começou quando a montadora japonesa anunciou um concurso no Twitter em que premiaria um de seus seguidores com um Tiida novinho. Para levar o carro, o usuário teria que conseguir 44.500 retuítes de uma mensagem pré-estabelecida pela empresa. Uma meta extremamente alta. Em poucas horas da promoção no ar, um usuário atingiu a meta. Detalhe: trapaceando. Em meio a protestos, a Nissan se viu obrigada a oferecer mais um carro e a montar um comitê para evitar nova fraude.

 

Angry Birds espião

Sucesso meteórico no iPhone e no iPad, da Apple, o jogo Angry Birds espiona você. A brincadeira aparentemente inocente, em que pássaros bravos tentam recuperar seus ovos de porcos famintos, se revelou bem mais séria. Um levantamento do jornal americano The Wall Street Journal descobriu que 56 aplicativos, entre eles o Angry Birds, repassam informações como localização, contatos, nomes de usuário e até senha, para agências de publicidade digital.  Tudo feito por baixo do pano sem que os usuários (todos nós) saibam.

 

45.jpg

 

 

O mapa das amizades

Um estagiário do Facebook pegou uma amostra de cerca de dez milhões de amizades do banco de dados da rede social e mapeou suas relações. O resultado? Você confere na bela imagem abaixo.

 

44.jpg

 

 

Prateleira

 

47.jpg

 

PlayStation Move, da Sony – Concorrente do Wii, da Nintendo, o controle que reconhece movimentos do PlayStation 3  finalmente chega ao Brasil. Por R$ 799

 

 

Resposta instantânea

 

46.jpg
Alex Tabor, fundador e diretor de tecnologia do Peixe Urbano

 

No Brasil, o Peixe Urbano é líder em compras coletivas, mas sofre forte concorrência. Vocês planejam atuar em outros países?

Sem dúvida. Isso deve acontecer em 2011, mas ainda não definimos o modelo. Podemos tanto nos juntar a algum parceiro como fazer isso de maneira solo. Somos sinônimos de compra coletiva no Brasil e queremos ser na América Latina. Apesar do nosso rápido crescimento, esse é um negócio que dá os primeiros passos.

 

Quantos usuários vocês têm? E quantos já fizeram compras?

Temos mais de cinco milhões de usuários cadastrados. E isso só com oito meses de operação. Em agosto tínhamos um milhão. É um crescimento orgânico permitido pelas redes sociais. Do nosso total de usuários, cerca de 20% já fizeram compras. E metade volta para fazer uma segunda compra. Já os novos usuários demoram em média cerca de seis semanas para fazer a primeira compra.

 

Há planos de criação de aplicativos para plataformas móveis?

Sim. Queremos lançar nosso aplicativo para iPhone até o final do ano. Depois virá o iPad e Android. Isso trará uma série de novas possibilidades, como ofertas geolocalizadas. O usuário vai poder receber uma nova oferta de acordo com o local onde ele está.