Política

No Twitter, Haddad fala em impeachment de Witzel e o acusa de ser ‘assassino’

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) defendeu neste sábado, 21, no Twitter, o impeachment do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), e o acusou de ser “um assassino”. Haddad afirmou, sem especificar, que “coisas absurdas estão acontecendo”.

Ele afirmou também na postagem que “há razões de sobra” para a destituição de Witzel por impeachment. Haddad disse que ele é “o grande responsável pelas atrocidades que se cometem no Rio”. O ex-prefeito de São Paulo e o governador do Rio são apontados como possíveis candidatos a presidente em 2022. A reportagem entrou em contato com a assessoria de Witzel e aguarda um posicionamento.

Leia a íntegra do tuíte de Haddad:

“Fora Witzel: Tenho evitado tuitar esses dias. Coisas absurdas acontecendo. Mas, com toda sinceridade, eu realmente penso que há razões de sobra para que se peça o impeachment de Witzel. Ele é o grande responsável pelas atrocidades que se cometem no Rio de Janeiro. Um assassino!”

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança