Giro

Nigerianos são presos com 26 kg de cocaína em 30 camisas engomadas e cosméticos

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos/Cumbica), prendeu em ações distintas na madrugada desta sexta, 7, dois passageiros tentando embarcar com cocaína oculta na bagagem. Agentes que fiscalizavam os passageiros no check-in de voo com destino a Addis Ababa, na Etiópia, identificaram, em duas abordagens, passageiros suspeitos de estarem portando ‘algo ilícito’ nas bagagens. Os homens, nigerianos, foram entrevistados e tiveram suas bagagens revistadas, momento em que foi localizada ‘substância com odor característico da droga cocaína’.

Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia da PF no aeroporto onde os peritos analisaram a substância e confirmaram, por meio dos exames, se tratar mesmo de cocaína. Na mala de um dos detidos, de 36 anos de idade, havia 30 camisas engomadas com a droga.

Outra quantidade da mesma droga foi encontrada dentro de 7 embalagens de cosméticos, somando um total de mais de 13 Kg.

Com o outro suspeito, de 44 anos de idade, que ingressou no Brasil, beneficiado pela Lei do Refúgio, quase 13 Kg de cocaína também estavam ocultos dentro de 20 embalagens de produtos cosméticos.

Os presos ficarão à disposição da Justiça respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?