Geral

Nevoeiro mantém Santos Dumont fechado e provoca acúmulo de passageiros

Centenas de pessoas estão reunidas no início de noite deste domingo, 28, no saguão do aeroporto Santos Dumont , no Rio de Janeiro, sem conseguir embarcar por causa do nevoeiro que toma conta do centro da cidade. O aeroporto está fechado desde as 10h28. Segundo a Infraero, entre meia noite e 16h, dos 53 voos programados, 19 foram cancelados, dois saíram com atraso e 31, no horário. O nevoeiro é causado por um fenômeno climático conhecido como inversão térmica, comum no outono.

Aos passageiros, funcionários das empresas aéreas informam que não há previsão de o aeroporto operar neste domingo. Ainda assim, os clientes permanecem no saguão para remarcar suas passagens para amanhã e, quando há disponibilidade, para este domingo ainda no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio.

As companhias se comprometem a reembolsar hotel e refeições para os passageiros que não residem no Rio de Janeiro e que remarcarem seus voos para amanhã. Para isso, eles têm que enfrentar “filas quilométricas” no saguão do aeroporto. A empresa aérea Gol ofereceu um telefone de atendimento. Os clientes reclamam, no entanto, que as linhas telefônicas estão congestionadas e que, por isso, preferem enfrentar fila.

A dona de casa Euzenira Silva, de 52 anos, conta que chegou a despachar a bagagem no Santos Dumont e que, depois de cancelado o voo que pegaria para Brasília às 15h, teve a passagem remarcada para as 20h no Galeão. Está com dificuldade, porém, de transferir as malas a tempo de embarcar. Acompanhada da mãe e da sogra, ela lamenta o transtorno e cansaço causados às pessoas idosas.

Já a empresária Cristiana Furlan, de 44 anos, comemorava no saguão do Santos Dumont por ter conseguido remarcar o retorno a São Paulo, onde mora e trabalha, para as 10h40 de amanhã, no Galeão. “Tive que remarcar os compromissos. Fazer o quê?”, disse a engenheira.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?