Negócios

Nestlé tem resultado trimestral mais forte em uma década

Nestlé tem resultado trimestral mais forte em uma década

Centro de pesquisas da Nestlé em Lausanne, Suíça

Por Silke Koltrowitz

ZURIQUE (Reuters) – A Nestlé divulgou nesta quinta-feira maior aumento trimestral de vendas dos últimos 10 anos, impulsionada por itens incluindo café e produtos para animais, superando desempenho da Danone e definindo uma elevada base de comparação com a Unilever.

“Nosso nível de confiança para chegar a uma taxa de crescimento orgânico de mais de 4% (este ano) certamente aumentou devido ao nosso desempenho no primeiro trimestre”, disse o presidente-executivo, Mark Schneider, a investidores em uma videochamada nesta quinta-feira.

O comércio eletrônico da Nestlé também teve um bom desempenho no primeiro trimestre, com alta de vendas de 40%, e a empresa teve uma performance satisfatória na área “Health Science” – linha de marcas que oferecem soluções nutricionais para diversas questões de saúde -, à medida que as pessoas compraram mais vitaminas e suplementos. A demanda por leites enriquecidos também impulsionou o segmento de lácteos.

“Foi o número trimestral mais forte desde 2011”, disse o analista da Kepler Cheuvreux Jon Cox, apontando para uma recuperação nos mercados emergentes, enquanto o analista da Bernstein Bruno Monteyne descreveu os números como “um resultado incrível”.

A Nestlé confirmou previsão de desempenho para o ano, de um maior crescimento orgânico de vendas, que exclui oscilações cambiais e atividade de aquisições e desinvestimentos.

Schneider afirmou que a companhia prefere esperar para ver como a recuperação das economias em relação à pandemia se desenrola no segundo trimestre antes de revisar as metas para o ano, que agora parecerem conservadoras. Ele alertou contra expectativas excessivas para a margem, uma vez que os custos de insumos estão aumentando.

As vendas orgânicas deram um salto de 7,7% no primeiro trimestre contra 4,3% no mesmo período do ano passado, superando a previsão de crescimento de 3,3% vinda de um consenso de analistas compilado pela empresa. A Danone divulgou nesta semana queda de 3,3% nas vendas do período.

A Unilever divulga resultado de primeiro trimestre em 29 de abril.

Nas Américas, e também na Ásia, houve forte crescimento, enquanto na Europa a alta foi de 4,4%.

O café foi o maior impulsionador do crescimento da companhia, com o item em cápsulas da Nespresso crescendo mais de 17%, os laticínios quase 16% e os produtos de cuidado para animais de estimação em torno de 9%.

O segmento de negócios focado em food service, que vende alimentos e bebidas para restaurantes e hotéis, enfrentou dificuldades no primeiro trimestre, embora não tanto quanto no início da pandemia. Já a área nutrição infantil voltou a crescer na China, mas está em dificuldades em outras regiões à medida que as taxas de natalidade caem.

Schneider disse que o foco da empresa em aquisições está em categorias de alto crescimento, como café ou produtos para animais, mas “em todo o espectro, se algo for adequado e nos fortalecer, estamos abertos”, afirmou.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3L17P-BASEIMAGE

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Updated