Negócios

Negócio que faz bem

Crédito: Divulgação

A chilena Betterfly, plataforma de seguros de vida, está desembarcando no Brasil com uma estrutura inédita de negócio. A empresa avalia a generosidade dos clientes e recompensa os bons hábitos, como doações a ONGs, com aumento gradual do valor do seguro de vida.

Quanto mais doar, maior será o dinheiro resgatado pela família. O CEO, Eduardo Della Maggiora, ex-executivo do J.P. Morgan e do Tyndall Group, decidiu lançar a empresa em 2018, depois de um diagnóstico de leucemia em sua mãe. “Meu objetivo de vida se tornou unir negócio com o impacto social”, disse.

Em 2021, a insurtech se tornou a mais valiosa da América Latina, depois de um aporte de US$ 60 milhões dos fundos DST Global, QED, Valor Capital, Endeavor Catalyst e SoftBank. Com ajuda do Brasil, a meta é chegar a 100 milhões de clientes na América Latina até 2025.

(Nota publicada na edição 1257 da Revista Dinheiro)