Giro

Negociador dos EUA no Afeganistão visita Cabul com dúvidas sobre retirada de tropas

Negociador dos EUA no Afeganistão visita Cabul com dúvidas sobre retirada de tropas

O negociador dos EUA para o Afeganistão, Zalmay Khalilzad - GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos

O enviado americano para o Afeganistão, Zalmay Khalilzad, chegou nesta segunda-feira (1) a Cabul para uma série de reuniões com altos responsáveis do governo com o objetivo de redirecionar o processo de paz, ameaçado pela violência e pelas dúvidas sobre a retirada das forças estrangeiras.

Essa é a primeira visita de Khalilzad ao Afeganistão desde que foi confirmado em suas funções no final de janeiro pelo novo presidente Joe Biden.

Nomeado pelo ex-presidente Donald Trump, este diplomata veterano foi o arquiteto do acordo assinado por Washington com os talibãs em fevereiro de 2020 em Doha, que prevê a retirada completa das tropas estrangeiras do Afeganistão até maio.

Este acordo também permitiu o início em setembro em Doha de negociações de paz entre os insurgentes e o governo afegão, mas essas reuniões estão estagnadas, em um contexto de violência crescente nos últimos meses no país.

O governo de Biden ordenou revisar o acordo de Doha, que estabeleceu como condição para a retirada americana garantias de segurança por parte dos talibãs e seu compromisso de acabar com qualquer vínculo com organizações terroristas como o Al-Qaeda.

Em Cabul, Khalilzad se reuniu com Abdullah Abdullah, presidente do Alto Conselho para a Reconciliação Nacional, o órgão governamental que supervisiona o processo de paz no Catar.

As duas partes “falaram das negociações de Doha e da revisão do governo americano do acordo entre Estados Unidos e os talibãs, assim como dos meios para chegar a uma solução política negociada no Afeganistão”, informou um porta-voz de Abdullah.

Khalilzad viajará depois para o Catar para se reunir com responsáveis talibãs, e também visitará vários países da região, que não foram detalhados pelo Departamento de Estado americano.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel