Mundo

Negociações por acordo nuclear entre Irã e EUA serão retomadas nos próximos dias, dizem Teerã e UE



DUBAI (Reuters) – As conversas indiretas do Irã com os Estados Unidos a respeito da retomada do pacto nuclear de 2015 serão retomadas em breve, disse o ministro das Relações Exteriores do Irã neste sábado em meio à pressão por parte do principal diplomata da União Europeia para romper um impasse de meses nas negociações.

“Estamos preparados para retomar as negociações nos próximos dias. O importante para o Irã é receber plenamente os benefícios econômicos do acordo de 2015”, disse o ministro iraniano das Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, acrescentando que teve uma “reunião longa, mas positiva” com o chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell.

O pacto parecia perto de ser ressuscitado em março, quando a UE –que está coordenando as negociações– convidou ministros de Relações Exteriores que representam as partes do acordo em Viena para finalizar o acerto após 11 meses de conversas indiretas entre Teerã e o governo do presidente Joe Biden.

Mas desde então as negociações ficaram atoladas, principalmente devido ao pedido de Teerã para que Washington remova o Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica, sua força de segurança de elite, da lista norte-americana de organizações estrangeiras terroristas.




“Esperamos retomar as negociações nos próximos dias e romper o impasse. Já se passaram três meses e precisamos acelerar os trabalhos. Estou muito feliz com a decisão que foi tomada em Teerã e Washington”, disse Borrell em coletiva de imprensa em Teerã.