Economia

Nascidos em abril recebem 6ª parcela do auxílio nesta sexta-feira (09)

Crédito: Pixabay

A 6ª parcela do auxílio ficará disponível para compras e pagamentos online pelo aplicativo Caixa Tem (Crédito: Pixabay)

Os beneficiários nascidos no mês de abril terão o valor de R$ 300 depositado nesta sexta-feira (09) pela Caixa Econômica Federal. A 6ª parcela do auxílio ficará disponível para compras e pagamentos online pelo aplicativo Caixa Tem.

+ Pagamentos do auxílio emergencial entram na conta digital nesta sexta-feira
+ Saque do auxílio emergencial para nascidos em setembro está liberado

Para conseguir realizar todos os pagamentos ainda neste ano, o banco depositará o benefício até aos domingos. Os saques também serão feitos de maneira diferente para o auxílio emergencial residual. A Caixa permitirá o saque de dois ciclos de uma só vez.

Confira o calendário completo abaixo:



Calendário do Ciclo 3 de pagamentos do auxílio emergencial
Calendário do Ciclo 3 de pagamentos do auxílio emergencial (Crédito:Divulgação / Caixa)

Como contestar a liberação do auxílio?

Ainda está esperando a liberação do auxílio emergencial ou teve o pedido negado? O prazo para acessar o benefício de R$ 600 se encerrou no último dia 2 de julho, por isso, se você não fez seu cadastro, não será mais possível receber as parcelas.

+ Auxílio emergencial: Caixa libera parcela para nascidos em junho
+ Caixa paga parcela do auxílio emergencial a 3,3 milhões de pessoas

No entanto, se você teve o pedido negado é possível contestar a análise, se o motivo apontado pela instituição financeira não estiver entre os indicados a seguir: ter algum vínculo empregatício; óbito de membro da família; recebe algum benefício (Seguro-Desemprego, Seguro Defeso ou INSS); tem renda familiar mensal superior a 3 salários mínimos ou meio salário mínimo por pessoa. Veja aqui o passo a passo completo.

Até quando é possível sacar?

Os beneficiários do auxílio emergencial terão até 90 dias depois do crédito na conta poupança digital da Caixa Econômica Federal para sacar o dinheiro. Depois disso, o valor retorna automaticamente para os cofres da União.

Apenas os 19 milhões de inscritos do Bolsa Família terão um prazo maior, até 270 dias (nove meses), para sacar o benefício. Segundo a Caixa, a devolução de uma parcela para a União não interfere no pagamento das parcelas seguintes.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel