Economia

Não há relação entre autonomia e alta dos juros, diz presidente do BC

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, respondeu nesta quinta-feira, 25, que a autonomia do Banco Central recém aprovada pelo Congresso Nacional não teve relação com a alta de 0,75 ponto porcentual da Selic na semana passada, para 2,75% ao ano.

“Sempre tivemos autonomia ampla, isso nunca foi questionado. A subida da taxa Selic foi bem explicada pelo modelo de análise do BC”, completou o presidente da autoridade monetária.

Perguntado sobre a reunião desta quinta-feira com o presidente da República, Jair Bolsonaro, Campos Neto garantiu que o presidente nunca fez questionamentos sobre as decisões de política monetária.

“Não comento reuniões privadas com o presidente”, completou Campos Neto.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel