Estilo DINHEIRO

Nadal e seu relógio de R$ 3,5 milhões

Nadal e seu relógio de R$ 3,5 milhões

Crédito: Richard Mille/Reprodução


No próximo dia 26, começa o US Open de tênis, em Nova York, um dos torneios mais importantes do calendário mundial.

Um dos gênios do esporte que estará em quadra é Rafael Nadal, 33 anos. Atual número 2 do mundo, o espanhol chamará a atenção não apenas por seu estilo ágil e agressivo.

Veja também

• Os relógios-serpentes da Bvlgari
• Messi e o seu relógio do bem
• O relógio de Galileu Galilei

Nadal estará jogando com um relógio de R$ 3,5 milhões. Muito provavelmente, ele será o único a jogar com um relógio no pulso, já que qualquer acessório pode atrapalhar o desempenho do atleta. Mas o caso de Nadal é único.

O relógio da grife Richard Mille, modelo RM27-03 Tourbillon, foi desenvolvido especialmente para ele. O tenista chegou até mesmo a dar sugestões no design e nas cores da peça, que recebeu tons em vermelho e amarelo, numa referência à bandeira da Espanha. Feito de quartzo TPT, o relógio é resistente a choques e super leve, pesando apenas 20 gramas – uma caixa de fósforos pesa 70 gramas.

O melhor de tudo, para Nadal, é que, obviamente, ele não precisou pagar pelo relógio. Muito pelo contrário.

Apesar dos valores do contrato entre Nadal e a Richard Mille não terem sido revelados, estima-se que o tenista ganhe cerca de R$ 1 milhão por cada torneio que joga exibindo o relógio da marca, que, por ser canhoto, ele usa no braço direito.

Quer comprar o seu? É bom correr! A grife produziu apenas 200 peças do modelo desenhado para Nadal.