Edição nº 1087 14.09 Ver ediçõs anteriores

Na terra dos marajás

Na terra dos marajás

O Oberoi Udaivilas, classificado como um dos melhores hotéis do mundo, tem uma das vistas mais bonitas da Índia: o lago Pichola e o Taj Mahal, que fica a cerca de 600 metros do local. O empreendimento pousado na cidade de Udaipur, às margens do lago, e sua arquitetura remete aos palácios de Rajastão, estado da Índia conhecido como terra dos marajás – “grandes reis”. Ao chegarem, os hóspedes são banhados com pétalas de rosa e encaminhados para os seus quartos, que podem ter de 600 m2 a 2,5 mil m2, todos com piscina privativa. Para começar bem o dia, o visitante pode fazer uma aula de ioga ao ar livre ou optar por um dos tratamentos da medicina indiana, como a ayurveda. O hotel oferece passeio de barco no lago para os hóspedes apreciarem a beleza dos palácios da cidade durante o pôr do sol. A diária mais barata custa 28,5 mil rupias indianas (cerca de R$ 1,6 mil).

(Nota publicada na Edição 1086 da Revista Dinheiro)


Mais posts

A mansão dos Kennedy

Jean Kennedy, única irmã viva de John Kennedy (1917-1963), ex-presidente dos Estados Unidos morto a tiros em Dallas, está vendendo a [...]

A arte de dormir

A marca britânica de design Savoir Beds quer que as obras de artistas como Rembrandt, Claude Monet, Leonardo da Vinci e Vincent Van [...]

Joia digital

A TAG Heuer, fabricante de relógios conhecida pelos seus modelos esportivos, acaba de lançar um relógio digital que mais parece uma [...]

A moto dos mares

A Trident Boats, empresa grega de locação de barcos, desenvolveu um jet ski com um design um tanto inusitado, inspirado em carros [...]

Nas montanhas

A Ultima Collection, famosa por seus hotéis de luxo, vai inaugurar em dezembro seu novo empreendimento na cidade de Crans-Montana, no [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.