Giro

Na caça de turistas, Ilhas Maldivas prometem vacinar visitantes

Crédito: Pexels

Famosa pelo cenário paradisíaco, as Ilhas Maldivas querem impulsionar o turismo nesta pandemia da covid-19 (Crédito: Pexels)

Alguns países que dependem do turismo para sobreviver estão adotando estratégias para recuperar o dinheiro perdido com a covid-19. Paradisíacas, as Ilhas Maldivas desenharam uma estratégia de atração de turistas: vacinar gratuitamente viajantes que escolherem a república insular como destino de férias.

A ideia é vista na região como estratégia em “3V”: visitar, vacinar e férias (vacation, em inglês). Anunciado na semana passada, o plano ainda não conta com uma data de lançamento, mas deve ganhar vida nas próximas semanas.



+ Ilha de Malta vai pagar até R$ 680 para turistas que visitarem país
+ Em hotéis dedicados ao turismo corporativo, ocupação é de 25%
+ Pandemia faz turismo acumular prejuízo de R$ 312,6 bi desde março de 2020

Essa não é a primeira iniciativa do tipo nas Maldivas, já que no ano passado as ilhas lançaram o primeiro programa de fidelidade de destinos no mundo. Nomeado de Maldives Border Miles, o programa serve como um programa de milhagem, com os visitantes ganhando pontos conforme viajam mais vezes para a região.

O turismo representa cerca de 28% da economia das mais de 1.100 ilhas que compõem a República das Maldivas, segundo a Forbes. Normalmente, mais de 1,7 milhão de visitantes visitam as Maldivas todos os anos, mas em 2020, o arquipélago viu menos de um terço desse número em suas terras, com 555.494 pessoas registradas.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia