Giro

Mundo beira 284.000 mortes por COVID-19, diz balanço da AFP às 16h de Brasília

Mundo beira 284.000 mortes por COVID-19, diz balanço da AFP às 16h de Brasília

(Arquivo) Enfermeiras e pessoal da saúde do Jacobi Medical Center, em Nova York, protestam no Bronx - AFP

O novo coronavírus matou ao menos 283.978 pessoas em todo o mundo desde que surgiu na China em dezembro, segundo balanço feito pela AFP com base em dados oficiais nesta segunda-feira (11), às 19h GMT (16h de Brasília).

Desde o início da pandemia, mais de 4.148.350 casos foram registrados em 195 países ou territórios.

O número de infecções reflete apenas parte do número total de casos da doença, uma vez que há diferentes políticas entre os países para testar os casos da COVID-19, optando por fazer testes somente nos pacientes hospitalizados.

As autoridades acreditam que até agora ao menos 1.396.200 pessoas tenham se curado da doença no mundo.

Nas últimas 24 horas, foram registradas 3.294 novas mortes e 77.313 infecções em todo o mundo. Os países que registraram mais mortes foram os Estados Unidos, com 836 novos óbitos, Brasil (496) e França (263).

O número total de falecimentos nos Estados Unidos, que registraram sua primeira morte ligada ao vírus no início de fevereiro, é de 79.894. Até o momento, o país registrou 1.339.819 casos. As autoridades consideram que 216.169 pessoas se curaram no país.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são Reino Unido, com 32.065 mortes e 223.060 casos; Itália, com 30.739 mortes (219.814 casos); Espanha, com 26.744 mortes (227.436 casos), e França, com 26.643 mortes (177.423 casos).

Entre os países mais atingidos, a Bélgica tem a maior taxa de mortalidade, com 75 mortes por 100.000 habitantes, seguida da Espanha (57), Itália (51), Reino Unido (47) e França (41).

A China continental (sem contar com Hong Kong e Macau), onde a epidemia surgiu no final de dezembro, tem até agora um total de 82.918 pessoas infectadas, das quais 4.633 morreram e 78.144 se curaram completamente. Nas últimas 24 horas, foram registrados 17 novos casos e nenhum óbito.

Nesta segunda-feira, às 16h de Brasília e desde o início da pandemia, a Europa registrou 157.271 mortes (1.756.578 casos); Estados Unidos e Canadá, 84.950 (1.409.724); América Latina e Caribe, 20.909 (375.280); Ásia, 10.749 (301.143); Oriente Médio, 7.656 (232.009); África, 2.318 (65.338), e Oceania, 125 (8.284).

Esse balanço foi feito com base em dados oficiais reunidos pela AFP, com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”

+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?