Política

Movimento Vem Pra Rua lamenta postura do STF sobre investigações da Lava Jato

O Movimento Vem Pra Rua emitiu uma nota lamentando a postura do Supremo Tribunal Federal (STF) em “colocar em risco tudo o que foi feito em mais de 6 anos de investigações e inquéritos” nas investigações da Operação Lava Jato. De acordo com o documento, se o STF decidir pela suspeição do ex-juiz Sérgio Moro, “sacramentará o infeliz ditado de que o crime compensa”.

Nesta quinta-feira, 22, o plenário do STF retoma o julgamento sobre a anulação das condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A Corte vai analisar os recursos referentes ao caso e para onde os processos que estavam na Vara de Curitiba devem ir. Além disso, o plenário também decidirá sobre a suspeição de Moro.

Na avaliação da entidade, as recentes análises do STF sobre casos que envolvem a Operação Lava Jato são “abruptas” e “sem sentido”. “Se decidir pela suspeição daquele que ousou condenar intocáveis, incluindo políticos e empresários comprovadamente corruptos”, o STF irá sinalizar que “a justiça só funciona para aqueles que não têm poder”. “Como temos visto, quem tem poder encontra formas de não ser punido”, declara.

“Temos assistido diversos retrocessos na luta contra a corrupção; STF, não permita mais esse”, pontua a nota.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel