Política

Mourão: Há 4 décadas, juventude ‘tem sido vítima de uma visão deformada’

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, criticou nesta segunda-feira, 21, o sistema educacional brasileiro desde o período da redemocratização até os dias recentes. Segundo Mourão, há quatro décadas, a juventude brasileira “tem sido vítima de uma visão deformada” que busca apagar a riqueza da história do Brasil.

“Os grandes autores simplesmente desapareceram, substituídos que foram por intérpretes ideológicos dos 520 anos em que esta Nação foi esculpida”, afirmou o vice-presidente durante o lançamento da coleção ‘Os Pensadores do Brasil’ de 200 livros, promovido pelo Instituto General Villas Bôas.

Entre os títulos, estão Geopolítica e Poder, do general e ex-chefe da Casa Civil durante a Ditadura Militar, Golbery do Couto Silva e A Amazônia e a Cobiça Internacional, do ex-governador do Amazonas, Artur César Ferreira Reis.

Para o vice-presidente, “as ideias constroem e as ideologias destroem”.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel