Economia

Motoristas e entregadores de app planejam greve nacional

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Entre as reivindicações estão o reajuste dos valores que recebem das empresas e a eliminação dos descontos aos clientes nos momentos de menor demanda (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Motoristas e entregadores de aplicativos estão insatisfeitos com os recentes aumentos dos combustíveis e se organizam para planejar uma possível greve nacional.

Entre as reivindicações estão o reajuste dos valores que recebem das empresas e a eliminação dos descontos aos clientes nos momentos de menor demanda.

+ Governo fará pronunciamento para defender isenção do diesel e contra o lockdown

Este último seria o caso, por exemplo, das opções Uber Promo e 99 Poupa, nos aplicativos, segundo a Folha de S.Paulo.

Um grupo de representantes das categorias vai se reunir nesta quarta-feira (03) para definirem como serão os atos. A ideia inicial seria uma paralisação geral nacional no dia 17.

Porém, as categorias estão conversando com representantes dos caminhoneiros para alinhar possíveis manifestações conjuntas, tendo em vistas que os motoristas dos veículos pesados também articulam protestos contra a alta do diesel.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel