Agronegócio

Monsanto perde ação envolvendo glifosato e é condenada a pagar indenização

Chicago, 10/08 – A Monsanto perdeu a primeira ação que foi a julgamento entre as centenas que alegam que o herbicida Roundup, comercializado pela companhia, provocou câncer em jardineiros, agricultores e outras pessoas.

Um júri do Tribunal Estadual da Califórnia condenou a companhia a pagar indenização de US$ 289 milhões a Dewayne Johnson, após considerar que o glifosato, um componente essencial do herbicida, causou seu linfoma não-Hodgkin.

Os advogados da Monsanto argumentaram que autoridades de saúde nos EUA e na União Europeia não encontraram relação entre glifosato e câncer. A companhia, que enfrenta uma série de ações em tribunais federais, disse que vai recorrer da decisão. Fonte: Dow Jones Newswires.