Negócios

Modelos de MacBook Pro, da Apple, são banidos de voos nos Estados Unidos

Os modelos de MacBook Pro de 15 polegadas vendidos entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017 são suscetíveis a superaquecimento, segundo a Apple, e podem gerar combustão espontânea.

Modelos de MacBook Pro, da Apple, são banidos de voos nos Estados Unidos

A Apple anunciou um recall de várias unidades do MacBook Pro, pelo risco de superaquecimento das baterias, o que pode provocar um incêndio - AFP/Arquivos

Após a Apple ter anunciado recall de unidades selecionadas do MacBook Pro por conta de uma falha na bateria que poderia acarretar em incêndios, a Federal Aviation Administration (FAA, órgão que regula o transporte aéreo comercial dos Estados Unidos) anunciou que o certos modelos do aparelho estão proibidas de embarcar em voos no país.

“A FAA está ciente das baterias recolhidas que são usadas em alguns modelos do MacBook”, disse o porta-voz da agência em email para a agência Reuters. Ele disse também que a agência “alertou as companhias aéreas sobre o recall”.

No foco da questão está os modelos de MacBook Pro de 15 polegadas vendidos entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017, que segundo a Apple, são suscetíveis a superaquecimento e podem gerar combustão espontânea.