Mundo

Ministro indonésio esfaqueado na rua por suposto agressor islamita

Ministro indonésio esfaqueado na rua por suposto agressor islamita

Dois membros de uma rede terrorista ligada ao EI esfaquearam o principal ministro da segurança da Indonésia, Wiranto - AFP

O ministro indonésio da Segurança, Wiranto, foi esfaqueado nesta quinta-feira na rua por um agressor supostamente “vinculado ao grupo extremista Estado Islâmico”, informou a polícia.

“Alguém se aproximou e o atacou. O senhor Wiranto e o chefe de polícia local ficaram feridos”, afirmou Dedi Prasetyo, porta-voz da polícia. Um homem e uma mulher foram detidos após a agressão.

Como milhões de indonésios, Wiranto tem apenas um nome.

O porta-voz do hospital de Berkah, Firmansyah, afirmou que o ministro, de 72 anos, tem “dois ferimentos profundos”, mas está consciente e em condição estável. Ele será transferido para a capital Jacarta, onde pode passar por uma operação.