Política

Ministério Público de São Paulo elege seis novos integrantes do Conselho Superior

Em uma eleição com 94,4% de participação, o Ministério Público de São Paulo definiu, neste sábado, 7, seis novos membros do Conselho Superior. Os procuradores escolhidos para compor o colegiado no biênio 2020/2021 são: José Carlos Cosenzo, Tiago Zarif, Pedro Henrique Demercian, Vidal Serrano, Luiz Antonio Nusdeo e Arual Martins.

Na próxima segunda-feira, 9, o Órgão Especial do Ministério Público se reúne para escolher mais três novos conselheiros somando nove nomes. O Conselho Superior tem onze integrantes, é presidido pelo procurador-geral de Justiça Gianpaolo Smanio e também formado pela corregedora-geral do Ministério Público Estadual, Tereza Exner.

Do grupo eleito neste sábado, três promotores apoiam o atual procurador-geral de Justiça – José Carlos Cosenzo, Tiago Zarif e Luiz Antonio Nusdeo. Já Vidal Serrano, Pedro Henrique Demercian e Arual Martins são da oposição.

A eleição foi classificada como a maior de toda a história para o Conselho Superior. O procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio atribui o recorde de participação à adoção do voto a distância. Os promotores de todo o Estado puderam enviar seus votos pelo computador ou pelo celular.

Veja a lista completa de votação:

1) José Carlos Cosenzo – 726 votos

2) Tiago Zarif – 603 votos

3) Pedro Henrique Demercian – 590 votos

4) Vidal Serrano – 587 votos

5) Luiz Antonio Nusdeo – 563 votos

6) Arual Martins – 496 votos

7) Mário Augusto Vicente Malaquias – 407 votos

8) Sebastião Silvio Brito – 384 votos

9) Thales Cezar de Oliveira – 377 votos

10) Cícero José de Morais – 337 votos

11) Beatriz Augusto Pinheiro – 323 votos

12) Ricardo Barbosa Alves – 286 votos

13) Valter Santin – 270 votos

14) Cristina Di Giaimo Caboclo – 247 votos

15) José Eduardo Ismael Lutti – 192 votos

16) Valeria Carvalho Pinto Guedes Piva – 182 votos

17) Lycurgo de Castro Santos – 138 votos

18) Carlos Daniel Vaz de Lima Junior – 108 votos

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?