Agronegócio

Ministério diz que algumas sementes chinesas tinham ácaros e bactérias

Crédito: Divulgação/MAPA

A Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura, informou que foram encontrados fungos, bactérias e possibilidade de espécies vegetais quarentenárias nas sementes chinesas (Crédito: Divulgação/MAPA)

As misteriosas sementes chinesas enviadas em 258 pacotes a 24 estados sem que os destinatários tivessem pedido foram analisadas pelo Ministério da Agricultura e as análises iniciais identificaram fungos, ácaros e bactérias em algumas amostras.

O risco para a agricultura e para a saúde das pessoas ainda é desconhecido, mas já se sabe que algumas dessas sementes podem ser de plantas quarentenárias, espécies que não são naturais do Brasil e podem causar danos ao meio ambiente e à agricultura.

+ Sementes da China chegam sem pedido e intrigam autoridades
+ Ministério da Agricultura confirma peste suína clássica no Piauí

Por ora, o ministério pede que as pessoas que tenham recebido os pacotes entrem em contato e não utilizem as sementes. Como não se sabe a extensão do problema, medidas adicionais só serão tomadas após uma análise mais profunda dessas sementes.



O mesmo aconteceu nos Estados Unidos e no Canadá. As autoridades norte-americanas acreditam que se trata de um caso de “brushing”, fraude comum em marketplaces onde os vendedores são ranqueados conforme o número de encomendas.

Esses vendedores podem estar criando perfis falsos na internet e comprando produtos em lojas como Amazon e Aliexpress. Esses pacotes, que podem conter qualquer coisa, são enviados a um cliente fantasma e o vendedor forja uma avaliação no site, melhorando seu posicionamento nas vendas.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel