Economia

Ministério da Economia publica exoneração de Marcos Cintra

O Ministério da Economia formalizou no Diário Oficial da União (DOU) a exoneração de Marcos Cintra do cargo de secretário especial da Receita Federal do Brasil. O decreto que confirma a saída de Cintra foi publicado em edição extra do Diário Oficial da quinta-feira, 12.

Ele foi exonerado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, na quarta-feira depois das manifestações de rejeição à proposta de reforma tributária do governo, que está em elaboração e previa a criação de um novo tributo nos moldes da extinta Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF).

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo informou, a permanência do secretário se tornou insustentável diante das reações negativas do Congresso à antecipação da proposta de criação da contribuição sobre pagamentos (CP), com alíquotas de 0,2% e 0,4%, pelo secretário adjunto da Receita, Marcelo Silva.

A apresentação, feita em evento na terça-feira, teve forte reação no Congresso e irritou o presidente Jair Bolsonaro e Guedes, que achou precipitada a antecipação dos detalhes do projeto.



Cintra foi substituído interinamente pelo atual subsecretário-geral da Receita, José de Assis Ferraz Neto.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago