Economia

Ministério da Economia passa a estimar déficit do setor público de R$ 828,6 bi

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

No cenário mais pessimista, que considera um recuo de 8,5% no PIB deste ano, a dívida bruta do governo geral ultrapassa 100% do PIB, ficando em 100,6% (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Com o avanço da pandemia do coronavírus, o Ministério da Economia revisou os números e passou a prever um déficit do setor público em 2020 de R$ 828,6 bilhões, o equivalente a 12% do Produto Interno Bruto (PIB). Em maio, a estimativa era de resultado negativo de R$ 708,7 bilhões (9,9% do PIB).

Os dados divulgados nesta quinta-feira, 2, consideram que a economia terá retração de 6,5% neste ano – a pasta utilizou a projeção para o PIB do Boletim Focus.

Nesse cenário, o déficit do governo central em 2020 é estimado em R$ 795,6 bi (11,5% do PIB). O impacto primário das medidas relacionadas ao combate à pandemia é projetado em 7,5% do PIB.

+ Setor público tem em maio o maior rombo fiscal da série histórica, diz BC
+ Déficit nominal do setor público soma R$ 115,820 bi em abril, diz BC 

Dívida bruta

O Ministério da Economia também revisou as projeções para a dívida neste ano, frente ao avanço da pandemia do coronavírus. No cenário mais pessimista, que considera um recuo de 8,5% no PIB deste ano, a dívida bruta do governo geral ultrapassa 100% do PIB, ficando em 100,6%.

O cenário base considera retração de 6,5% na economia (conforme projeção do Boletim Focus). Nesse caso, a dívida bruta do governo geral chega a 98,2% do PIB neste ano.

Já a dívida líquida do setor público nesse cenário ficaria em 69,9% do PIB. A necessidade de financiamento chega a 16,9% do PIB.

No pior cenário, a dívida líquida fica em 71,7% e a necessidade de financiamento em 17,6%.

No mais otimista, que considera um recuo de 4,5% no PIB, a dívida bruta fica em 95,6% do PIB neste ano. A dívida líquida chega a 95,8% e a necessidade de financiamento a 16,3% do PIB.

Veja também

+ Bolsonaro posta foto com filha e rebate crítica: “Já tomou Caracu hoje?”

+ Faça em casa receita de pudim com milho e leite condensado

+ Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas em rede de prostituição

+ Com bumbum à mostra, Ivy Moraes filosofa no Instagram

+ Saiba por que as farmacêuticas vêm testar vacinas no Brasil

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Auxílio emergencial: Caixa credita hoje parcela para nascidos em janeiro

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?