Economia

Ministério da Economia considera Roraima inadimplente em relação ao PAF

O Ministério da Economia considerou o Estado de Roraima inadimplente em relação aos compromissos do Programa de Reestruturação e Ajuste Fiscal (PAF) de 2018. Com isso, poderão ser aplicadas penalidades por descumprimento de metas, como de resultado primário.

Roraima aderiu ao PAF na década de 90, com o objetivo de conseguir alívio financeiro junto à União e, em contrapartida, se comprometeu a cumprir metas anuais de ajuste fiscal.

Com o descumprimento, o Estado poderá sofrer penalidades financeiras e até ser impedido de obter garantia da União em operações de crédito.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?