Economia

Ministério confirma adiamento de ida de Guedes à CCJ, onde o tema seria a reforma

O Ministério da Economia confirmou o adiamento da ida nesta terça-feira, 26, do ministro Paulo Guedes à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para discutir a proposta de reforma da Previdência. Em nota, o ministério informou que a equipe técnica e jurídica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho estará à disposição para representar o ministro em audiência marcada para o período da tarde.

Segundo o Ministério da Economia, a ida do ministro à CCJ será mais produtiva a partir da definição do relator da reforma.

A possibilidade do adiamento da audiência de Guedes no colegiado havia sido informada mais cedo pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Uma fonte ouvida pela reportagem explicou que quando a audiência foi marcada, a expectativa era de que o nome do relator fosse definido ainda na sexta-feira passada, o que não ocorreu.



Por isso, a avaliação é que o melhor é esperar por essa definição. O assunto está sendo discutido pelo presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR).

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel