Mundo

Militantes matam dois civis na Caxemira indiana

Por Fayaz Bukhari



SRINAGAR, Índia (Reuters) – Militantes mataram a tiros dois civis na Caxemira indiana neste sábado em meio a uma espiral de violência que tem se intensificado na região disputada, afirmaram autoridades.

Dois trabalhadores migrantes foram atacados na principal cidade da Caxemira, Srinagar, e na região próxima de Pulwama por insurgentes armados. Ambos morreram em função dos ferimentos, disse a polícia. “Operações de busca estão em andamento”, afirmou a polícia

A onda de violência tem atingido civis, incluindo membros da minoria hindu e da comunidade sikh, na região de maioria muçulmana da Caxemira. A violência disparou uma ampla operação por parte de forças de segurança.

Reclamada pela Índia e pelo Paquistão, mas governada apenas em partes por ambos os países, a Caxemira tem sido palco de insurreição armada sangrenta há décadas contra o governo indiano.



A Índia afirma que o Paquistão apoia a insurgência na Caxemira. Islamabad nega e afirma que apenas fornece apoio moral e diplomático para o povo da região.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?