Tecnologia

Microsoft vai reduzir taxa cobrada aos desenvolvedores de jogos

Crédito: Reprodução/Microsoft

Geralmente essa taxa é cobrada das plataformas aos desenvolvedores, que ficam com 70% do valor da venda feita aos consumidores (Crédito: Reprodução/Microsoft)

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (29) a redução da taxa de 30% para alguns dos títulos vendidos na Microsoft Store. Geralmente essa taxa é cobrada das plataformas aos desenvolvedores, que ficam com 70% do valor da venda feita aos consumidores.

A nova regra passa a valer em agosto e vai sair dos 30% cobrados atualmente para 12%, mesma porcentagem cobrada pela Epic Games Store, uma das empresas inovadoras neste assunto.



+ Blue chips seguem sob pressão e Ibovespa inicia última sessão do mês no vermelho
+ Petrobras reduz diesel e gasolina nas refinarias em 5 centavos/litro, diz mercado

Com a alteração, a plataforma virtual do Steam – uma das lideranças no mercado de jogos online – será a única onde os desenvolvedores receberão 70% da receita de vendas, diferente dos 88% redirecionados aos criadores em outras plataformas.

De acordo com Sarah Bond, responsável pela divisão de experiência e ecossistema de criação de games da Microsoft, a ideia é incentivar a publicação de games na Microsoft Store, garantindo mais “oportunidades financeiras” aos desenvolvedores.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Neste primeiro momento, apenas jogos de computador sofrerão o reajuste nas taxas aos desenvolvedores e títulos do Xbox One e Xbox Series X seguirão com os 30% padrão.