Negócios

Microsoft quebra a marca de US$ 1 trilhão pela primeira vez na história

Criadora do Windows alcançou meta inédita com valorização de 4,5% das ações após divulgação de lucros no primeiro trimestre

Microsoft quebra a marca de US$ 1 trilhão pela primeira vez na história

A Microsoft se tornou a terceira empresa no mundo a valer US$ 1 trilhão com a valorização das ações após a divulgação do lucro de US$ 8,8 bilhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 18,6% ao registrado no mesmo período do ano passado. As ações da empresa subiram 4,5% nesta quarta-feira (24), permitindo a quebra da barreira histórica pela primeira vez. Até as 12h desta quinta-feira (25) os papéis acumularam alta de 3,80% e a empresa era avaliada em mais de US$ 994 bilhões, com ações a US$ 129,80.

A Apple foi a primeira companhia no mundo a alcançar a marca de US$ 1 trilhão, em agosto do ano passado. Em setembro, a rede de varejo online Amazon também chegou a marca histórica.  Na manhã desta quinta, a fabricante do iPhone estava avaliada em US$ 971 bilhões, com papéis a US$ 206,08, enquanto a companhia de Jeff Bezos valia US$ 940 bilhões e ações a US$ 1,913.

 

 

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?