Tecnologia

Microsoft e Zoom aderem a campanha contra a censura em Hong Kong

Crédito: Divulgação

A Microsoft recebeu pedidos de dados vinculados a 81 contas do governo de Hong Kong entre julho e dezembro de 2019 (Crédito: Divulgação)

As gigantes da tecnologia Microsoft e Zoom anunciaram que não processarão solicitações de dados feitas pelas autoridades de Hong Kong, na China. A medida é válida enquanto as empresas avaliam a nova lei de segurança do governo.

No final de junho, o País aprovou uma legislação que criminaliza atos de apoio à independência e facilita a punição dos manifestantes. Se as empresas de tecnologia tornarem suas decisões permanentes, poderão enfrentar restrições ou proibição de seus serviços na região.

+ Censura em Hong Kong: TikTok suspende aplicativo, gigantes americanos resistem
+ Polícia de Hong Kong tem poderes ampliados com nova lei de segurança
+ Governo de Hong Kong adverte que aplicará rigorosamente nova lei de segurança

Outras empresas do setor como o Facebook, Google, Twitter e o aplicativo de bate-papo Telegram já anunciaram medidas semelhantes nos últimos dois dias. A Apple disse à BBC que está “avaliando” as regras. Hoje (07), o aplicativo TikTok, que ganhou popularidade mundial durante o isolamento social, também negou o compartilhamento de dados.

De acordo com o último relatório de transparência da Microsoft, a empresa recebeu pedidos de dados vinculados a 81 contas do governo de Hong Kong entre julho e dezembro de 2019 e forneceu “dados sem conteúdo” na maioria dos casos.

Já a Apple indica que recebeu pedidos de dados de 358 dispositivos do governo de Hong Kong entre janeiro e junho deste ano e que forneceu dados em 91% dos casos.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?