Tecnologia

Microsoft e AT&T fecham acordo de US$ 2 bilhões para serviços de nuvem e 5G

O acordo ajudará a AT&T a expandir e melhorar seus serviços 5G, enquanto a Microsoft ganha forte cliente no mercado de sistemas de nuvem pública

Microsoft e AT&T fecham acordo de US$ 2 bilhões para serviços de nuvem e 5G

A Microsoft e a AT&T, uma das maiores operadoras de telefonia celular dos Estados Unidos, fecharam nesta quarta-feira (17) um acordo de cooperação que incluiu o compartilhamento de sistemas de nuvem e de troca de tecnologias para a implantação de uma rede 5G. A empresa de Satya Nadella desenvolverá ao lado da nova parceira sistemas de computação de ponta para a rede de quinta geração. Do lado da AT&T ficou acordado que eles começarão a usar o sistema Azure de nuvem para suas necessidades de computação, além do Office 365, serviço de aplicativos de edição como Word e Power Point para grande parte de seus funcionários, um total de 268 mil pessoas. O valor do acordo é de mais de US$ 2 bilhões, segundo fontes escutadas pela Reuters.

No âmbito da tecnologia 5G, a operadora pretende usar o expertise da Microsoft para aplicações que precisam de um curto tempo de resposta para a transmissão de dados, casos de sistemas de controle de tráfego aéreo para drones. Apesar da parceria, a AT&T continuará a gerenciar suas redes próprias para telefones celulares, o que muda é que agora eles colocam o sistema de nuvem pública em “primeiro lugar”, segundo John Donovan, presidente-executivo da empresa. Dessa maneira, a operadora passa a depender de centros de dados de terceiros para expandir seus negócios.

Já a Microsoft comemora o acordo como uma vitória ante a Amazon Web Services, atualmente a líder do setor de nuvem pública – quando clientes processam seus dados nos servidores das provedoras. Os dados obtidos através da AT&T fará com a Microsoft desenvolva softwares que ajudem na automação de varejo e empresas.