Ciência

Microsoft apresenta detector de ‘deepfakes’ antes das eleições americanas

Crédito: AFP

Logo da Microsoft - AFP (Crédito: AFP)

A gigante de tecnologia Microsoft apresentou um software que pode ajudar a detectar vídeos “deepfake”, em mais um esforço para ajudar no combate à publicação de imagens e vídeos falsos na internet antes das eleições presidenciais dos Estados Unidos.

O programa “Video Authenticator” analisa uma imagem ou cada fotograma de um vídeo, buscando evidências de manipulação que passaria despercebida a olho nu.

Fake news não se combatem apenas com leis, dizem analistas

Quando as fake news ameaçam a vida real

A Microsoft informou que se associou à Fundação AI em São Francisco para fazer com que a ferramenta de autenticação de vídeo esteja disponível para campanhas políticas, meios de comunicação e outras partes envolvidas no processo democrático.

Os deepfakes são fotos, vídeos ou clipes de áudio adulterados usando inteligência artificial para que pareçam autênticos e já são alvos de caça nas redes sociais Facebook e Twitter.

“Os deepfakes podem fazer parecer que pessoas disseram coisas que não disseram, ou que estiveram em lugares em que não estiveram”, explicou na terça-feira uma publicação do blog da empresa.

Estas publicações falsas camufladas são particularmente preocupantes devido à proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, em 3 de novembro.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?