Giro

Microfones serão silenciados no debate dos EUA para conter interrupções

Crédito: Arquivo / AFP

Cada candidato terá dois minutos para responder às perguntas do mediador, tempo em que o microfone do adversário será silenciado. (Crédito: Arquivo / AFP)

A comissão de debates presidenciais dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (19) que silenciará os microfones do presidente Donald Trump e de seu rival democrata na disputa pela Casa Branca, Joe Biden, quando não estiverem respondendo a perguntas, durante o debate final desta quinta-feira, com o objetivo de conter interrupções.

Cada candidato terá dois minutos para responder às perguntas do mediador, tempo em que o microfone do adversário será silenciado.

+ No ‘Condado de Trump’, no Alabama, eleitores esperam vitória do presidente com mais de 90% dos votos
+ Como funciona o Colégio Eleitoral nos Estados Unidos

Uma vez que ambos os candidatos tenham usado seus dois minutos, haverá uma discussão aberta, na qual os microfones permanecerão ligados.

“A esperança da comissão é que os candidatos sejam respeitosos com o tempo do outro, o que fomentará um discurso civilizado para benefício da audiência”, explicou a entidade em nota.

O chefe da campanha de Trump, Bill Stepien, reagiu negativamente ao anúncio.

“O presidente Trump está comprometido em debater com Joe Biden independentemente das mudanças de último minuto vindas de uma comissão parcial, em sua última tentativa de dar uma vantagem a seu candidato favorito”, criticou em nota.

Stepien afirmou que Trump planejava questionar Joe Biden sobre seu filho, Hunter, acusado de usar a influência do pai, ex-vice-presidente de Barack Obama, em prol de seus negócios na Ucrânia.

“Se a imprensa não faz essas perguntas a Joe Biden, então o presidente as fará e ele não terá escapatória”, completou Stepien.

No último debate, em setembro, Trump interrompeu Biden 71 vezes, enquanto o ex-vice-presidente democrata cortou o rival 22 vezes, segundo o portal de notícias Axios.

O debate desta quinta-feira será o último duelo direto entre os dois candidatos antes das eleições de 3 de novembro.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?